EUA e China assinam primeira fase de acordo comercial
Créditos: AFP/ Reprodução

EUA e China assinam primeira fase de acordo comercial

Fase dois do acerto, ainda em negociação, acabará com as barreiras restantes

Após diversas idas e vindas, os governos dos Estados Unidos e da China finalmente deram um primeiro passo para dar fim à guerra comercial que ocorre desde 2018 e assinaram, nesta quarta-feira, um acordo parcial. 

Nesta primeira etapa, chamada de fase 1, os chineses aceitaram aumentar a compra de bens e serviços americanos, incluindo produção agrícola, além de manufaturados, serviços e energia. O país asiático também se comprometeu em avançar na proteção de tecnologia estrangeira

18/11/2019 às 17:26
Notícia

EUA concedem à Huawei nova licença extendida de 90 dias

É a terceira licença concedida pelo Departamento de Comércio norte-americano

Em contrapartida, os EUA irão suavizar as tarifas impostas nos últimos meses, mas manter boa parte das sobretaxas, com a ameaça de uma punição extra caso a China descumpra o acordado. "Hoje demos um passo crucial, que nunca tínhamos dado antes com a China" e que vai garantir “um comércio recíproco e limpo”, disse o presidente americano Donald Trump durante a cerimônia realizada na Casa Branca. Ele agradeceu também ao presidente da China, Xi Jinping, que não esteve presente, e destacou o “momento histórico” que marca o entendimento entre as duas nações. "Estamos muito orgulhosos dos esforços, muitos acharam que este acordo era impossível", declarou. 

Ao lado do vice-primeiro-ministro da China, Liu He, Trump anunciou também que visitará o país em um "futuro não muito distante".

As negociações para a fase dois do acordo ainda não têm prazo para terminar, segundo o mandatário norte-americano. Ele ressaltou, no entanto, que os próximos passos e conversas com Pequim já estão em andamento. Segundo Trump, as tarifas remanescentes impostas aos produtos chineses permanecerão até que o acerto seja finalmente concluído.

O secretário do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin, já havia declarado na terça-feira que haverá reduções adicionais na próxima etapa do acordo. 

Via: G1, Estado de Minas
User img

Gabriel Tagarro

Formado em jornalismo pela Universidade Castelo Branco, é apaixonado por games desde 1994, quando ganhou um Master System. Joga de tudo um pouco, seja no PC ou no console. Ama tecnologia e escreve com prazer sobre tudo que a envolve.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

CEO do Reddit diz que o aplicativo TikTok é um spyware e um parasita

CEO do Reddit diz que o aplicativo TikTok é um spyware e um parasita

Representante do TikTok disse que as afirmações do executivo "são acusações infundadas feitas sem uma única evidência"


Google solicita isenção ao governo dos EUA para trabalhar com Huawei

Google solicita isenção ao governo dos EUA para trabalhar com Huawei

Microsoft é uma das empresas que já recebeu autorização


Homem morre ao se lançar em foguete caseiro e cair de 1,5km de altura

Homem morre ao se lançar em foguete caseiro e cair de 1,5km de altura

Conhecido como "Mad" Mike Hughes, ele estava tentando provar que a Terra é plana


Coronavírus teria feito Apple mover produção do iPad e Apple Watch para fora da China

Coronavírus teria feito Apple mover produção do iPad e Apple Watch para fora da China

Dona dos iPhones estaria fabricando produtos em Taiwan por causa de limitações relacionadas ao COVID-19


Estados Unidos podem bloquear fornecimento de chips para a Huawei

Estados Unidos podem bloquear fornecimento de chips para a Huawei

As autoridades estadunidenses alterariam a Regra de Produto Direto Estrangeiro para fazer isso