Cientistas criam pela primeira vez células robóticas usando tecido de sapos

Cientistas criam pela primeira vez células robóticas usando tecido de sapos

Nanorobôs biológicos seriam usados na medicina e na área ambiental

Cientistas americanos desenvolveram pela primeira vez os "biobots", robôs criados a partir de células animais capazes de se comportar como um organismo vivo. A experiência utilizou células específicas de sapos africanos que foram reprogramadas para funcionar a partir de instruções. A célula final é uma máquina biológica que tem meio milímetro e foi feita a partir de centenas de células. Ela é capaz de se mover em uma direção determinada pelos cientistas.

A máquina biológica foi criada com objetivo de auxiliar na medicina e prevenir a poluição dos oceanos. Entre suas possíveis atuações, espera-se que os nanobots possam detectar tumores, distribuir medicamentos pelo corpo humano e  ajudar na reconstrução ambiental em lugares contaminados. 

Os cientistas responsáveis pelas novas células mecânicas são dois biólogos e dois especialistas em robótica: Michael Levin e Douglas Blackiston, e Josh Bongard e Sam Kriegman, respectivamente. Financiados pelo Departamento de Defesa dos Estados Unidos, os criadores dos biobots utilizaram o material da rã-de-unhas-africana, sendo as células de seu coração e as de sua pele.

Quando descobrirmos como incitar as células a construir estruturas específicas, não só teremos um impacto enorme na medicina regenerativa —construindo partes do corpo e induzindo sua regeneração—, como poderemos utilizar esses mesmo princípios para melhorar a robótica, os sistemas de comunicação e, talvez, as plataformas de inteligência artificial." 
- Michael Levin, biólogo

Como catalogado pelos cientistas, os biobots estão entre uma matéria orgânica viva e uma máquina, e o experimento pode responder muitas questões envolvendo o comportamento da vida, por exemplo: "como que as células sabem que devem formar um órgão, um corpo?". É claro que as novas máquinas biológicas ainda são um experimento, mas que promete ser promissor para o futuro. 

Fonte: El País, UVM

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Mercado de computadores teve primeiro crescimento anual completo em 8 anos

Mercado de computadores teve primeiro crescimento anual completo em 8 anos

Lenovo, HP e Dell somaram dois terços dos 268,1 milhões de envios feitos em 2019


Brasileiro bate recorde mundial do drone FIMI X8 SE voando por mais de 8.5Km

Brasileiro bate recorde mundial do drone FIMI X8 SE voando por mais de 8.5Km

A distância percorrida pelo piloto passa 3.5Km do recomendado pela submarca da Xiaomi


Baterias de grafeno estão prontas e podem ser utilizadas em celulares em 2020

Baterias de grafeno estão prontas e podem ser utilizadas em celulares em 2020

Empresa desenvolve opção viável que pode carregar 100% da bateria em 20 minutos


Huawei pode lançar P40 Pro Premium Edition com cinco câmeras [RUMOR]

Huawei pode lançar P40 Pro Premium Edition com cinco câmeras [RUMOR]

O smartphone pode ser a versão mais potente da linha, com zoom de até 10x


Cientistas criam Xenobots, um

Cientistas criam Xenobots, um "robô vivo" que consegue se regenerar

A pesquisa desenvolveu um tipo de ser totalmente desconhecido na natureza