Sonos processa Google por

Sonos processa Google por "roubar" tecnologia de seus alto-falantes

Amazon também teria violado 100 patentes da empresa

A produtora de dispositivos de áudio Sonos processou a Google por supostamente violar algumas de suas tecnologias e designs para alto-falantes wireless domésticos. Segundo a empresa, a Gigante de buscas vem se apropriando de suas tecnologias há anos, e até agora "roubou" cinco patentes.   

A Google teria se apropriado das criações da Sonos para utilizá-las em seus próprios smartphones, laptops e alto-falantes. Além disso, a Sonos afirma que fez quatro pedidos diferentes para que a companhia parasse com a prática, mas não obteve respostas. Patrick Spence, CEO da Sonos, disse que eles "ficaram sem opção a não ser litigar".

06/12/2019 às 21:49
Notícia

Roberto de Jesus, criador do Escobar Fold 1, diz que vai proc...

Irmão de Pablo Escobar acusa a Apple de enganar os compradores com smartphones descartáveis e caros

Ainda de acordo com fabricante de dispositivos de áudio, o problema teria começado no ano de 2013 quando a empresa estabeleceu uma parceria com a Google para desenvolver um serviço de música. Nesta época, a dona do Android estava interessada em fabricar seus próprios aparelhos de som sem fio, e lançou os produtos com design semelhante aos da empresa parceira. O principal recurso "roubado", além do design, foi a reprodução sincronizada.

A suposta "má fé" da Google teria dado origem ao Google Home Max de 2017, um dispositivo alto-falante inteligente que conta com recursos desenvolvidos pela Sonos, mas com preços de mercado mais em conta. 

A Sonos alega que tal prática da Google afeta o mercado e está obrigando a empresa a diminuir o valor final de seus produtos, mesmo que a tecnologia seja deles originalmente. Outra empresa que está no meio da história é a Amazon, citada em uma notícia no jornal The New York Times, que teria violado cerca de 100 patentes da Sonos. 

Ainda não sabemos o posicionamento da Google sobre a acusação, mas um porta-voz da Amazon defendeu que a empresa produziu sua própria tecnologia para os alto-falantes.

Fonte: The New York Times
User img

Mariela Cancelier

Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

PIX: TUDO que você PRECISA SABER

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.