Sonos processa Google por

Sonos processa Google por "roubar" tecnologia de seus alto-falantes

Amazon também teria violado 100 patentes da empresa

A produtora de dispositivos de áudio Sonos processou a Google por supostamente violar algumas de suas tecnologias e designs para alto-falantes wireless domésticos. Segundo a empresa, a Gigante de buscas vem se apropriando de suas tecnologias há anos, e até agora "roubou" cinco patentes.   

A Google teria se apropriado das criações da Sonos para utilizá-las em seus próprios smartphones, laptops e alto-falantes. Além disso, a Sonos afirma que fez quatro pedidos diferentes para que a companhia parasse com a prática, mas não obteve respostas. Patrick Spence, CEO da Sonos, disse que eles "ficaram sem opção a não ser litigar".

06/12/2019 às 21:49
Notícia

Roberto de Jesus, criador do Escobar Fold 1, diz que vai proc...

Irmão de Pablo Escobar acusa a Apple de enganar os compradores com smartphones descartáveis e caros

Ainda de acordo com fabricante de dispositivos de áudio, o problema teria começado no ano de 2013 quando a empresa estabeleceu uma parceria com a Google para desenvolver um serviço de música. Nesta época, a dona do Android estava interessada em fabricar seus próprios aparelhos de som sem fio, e lançou os produtos com design semelhante aos da empresa parceira. O principal recurso "roubado", além do design, foi a reprodução sincronizada.

A suposta "má fé" da Google teria dado origem ao Google Home Max de 2017, um dispositivo alto-falante inteligente que conta com recursos desenvolvidos pela Sonos, mas com preços de mercado mais em conta. 

A Sonos alega que tal prática da Google afeta o mercado e está obrigando a empresa a diminuir o valor final de seus produtos, mesmo que a tecnologia seja deles originalmente. Outra empresa que está no meio da história é a Amazon, citada em uma notícia no jornal The New York Times, que teria violado cerca de 100 patentes da Sonos. 

Ainda não sabemos o posicionamento da Google sobre a acusação, mas um porta-voz da Amazon defendeu que a empresa produziu sua própria tecnologia para os alto-falantes.

Fonte: The New York Times
User img

Mariela Cancelier

Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), fui estagiária do Adrenaline/Mundo Conectado entre 2015 e 2017. Gosto de jogos de luta (o que marcou minha infância foi Tekken 4) e MOBAs. Atualmente sou colaboradora de ambos sites e apareço de vez em quando em alguns vídeos e reviews dos canais.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Samsung Galaxy S20 e S20+ desbloqueados estão com US$ 200 de desconto nos Estados Unidos

Samsung Galaxy S20 e S20+ desbloqueados estão com US$ 200 de desconto nos Estados Unidos

Aparelhos com o desconto estão disponíveis na Amazon


Depois de Netflix e YouTube, Apple e Amazon Prime reduzem qualidade de streaming na Europa

Depois de Netflix e YouTube, Apple e Amazon Prime reduzem qualidade de streaming na Europa

Redução deve ajudar a reduzir o risco de sobrecarga da rede


Amazon abre 100 mil novas vagas de emprego nos EUA por causa do Coronavírus

Amazon abre 100 mil novas vagas de emprego nos EUA por causa do Coronavírus

Demanda pelos serviços da companhia cresceu devido à pandemia


Homem estoca 17.000 garrafas de álcool gel, mas Amazon impede as vendas

Homem estoca 17.000 garrafas de álcool gel, mas Amazon impede as vendas

Tentativas de lucro excessivo por causa da pandemia do coronavírus estão sendo barradas


Google estaria usando soberania do Android para prejudicar Fire Stick TV da Amazon

Google estaria usando soberania do Android para prejudicar Fire Stick TV da Amazon

A empresa estaria impedindo fabricantes parceiras de dar suporte para ambos os sistemas