E-commerce: aumento de devoluções grátis contribui bastante para o aquecimento global
Créditos: 4oito | Encontro Essencial

E-commerce: aumento de devoluções grátis contribui bastante para o aquecimento global

O maior fluxo de devoluções será no dia 2 de janeiro, que foi chamado de "Dia Nacional do Retorno"

Estamos na época de feriados, a Black Friday aconteceu há pouco tempo e muita gente aproveitou para fazer suas compras online. Consequentemente, esse período do ano também traz um aumento significativo de devoluções de produtos e, nesse vai e vem, quem sofre é o meio-ambiente. 

Como menciona o The Verge, cerca de 1 milhão de pacotes de devolução são retirados diariamente apenas da UPS (empresa conhecida por seus serviços de entrega) durante o mês de dezembro. Cada produto precisa, logicamente, ser transportado de alguma forma até um determinado local, o que contribui em escala notável para a poluição do ar, aquecimento global, etc.

Além disso, Sharon Cullinane, professora da Universidade de Gotemburgo, na Suécia, diz que há picos no fluxo de devoluções após a Black Friday e o Natal - e isso é em parte por causa do comércio eletrônico. De acordo com a Federação Nacional de Varejo, o e-commerce  tem uma taxa de retornos  20 a 30% mais alta que outros tipos de processo de compra. 

“As pessoas precisam estar cientes de que há consequências ambientais ao devolver seus produtos. Eles não simplesmente desaparecem. ” - Sharon Cullinane, professora da Universidade de Gotemburgo, na Suécia.

De acordo com pesquisas realizadas pela Optoro, empresa que ajuda varejistas a otimizar seus processos de devolução, transportar os estoques devolvidos nos Estados Unidos resulta em mais de 15 milhões de toneladas de dióxido de carbono anualmente. Para comparar, isso é mais do que 3 milhões de carros conseguem produzir em um ano.

Além disso, há, claro, o lixo. Mesmo que metade dos retornos volte para as lojas, cerca de 5 bilhões de libras em mercadorias devolvidas acabam nos aterros, junto com resíduos de embalagens.

27/11/2019 às 11:00
Notícia

Black Friday: Salesforce indica que 80% dos brasileiros plane...

Tendência deve se repetir no Natal deste ano

 "Se você está comprando uma camiseta ou algo assim e custa apenas alguns dólares, pode entender que a empresa não pode fazer nada além de jogá-la no aterro." - Sharon Cullinane, professora da Universidade de Gotemburgo, na Suécia.

O maior fluxo de devoluções ainda vai acontecer e está "marcado" para o dia 2 de janeiro, quando os trabalhadores voltam a sua rotina normal. A UPS espera lidar com quase 2 milhões de pacotes  - 25% a mais do que em 2018-2019 - e apelidou esse dia de  "Dia Nacional do Retorno".

Então, o e-commerce é totalmente do mal? Calma...

Os consumidores estão cada vez mais preocupados com os efeitos das suas compras para o planeta

Enquanto os consumidores se conscientizam cada vez mais sobre as consequências ambientais das suas compras, as empresas de e-commerce também estão tomando providências aos poucos. A Amazon, por exemplo, anunciou em setembro que encomendaria 100.000 vans de entrega elétrica. 

Além disso, grupos como o Fundo de Defesa Ambiental também estão pressionando as empresas a usar veículos elétricos, principalmente nos trechos entre armazéns e a casa dos consumidores.

Via: The Verge
User img

Saori Almeida

Saori Almeida é natural do Rio Grande do Sul, técnica em administração formada pelo Centro Tecnológico de Caxias do Sul (CETEC) e estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Gosta da cultura asiática e nerd no geral e tem interesse crescente por tecnologia e games desde pequena - gosto que se intensifica diariamente na redação.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Jeff Bezos da Amazon doa US$ 10 bilhões para combater mudanças climáticas

Jeff Bezos da Amazon doa US$ 10 bilhões para combater mudanças climáticas

Empresário pretende ajudar ONGs com o projeto Bezos Earth Fund


Warner Bros. vai lançar restaurante temático do Batman em Londres

Warner Bros. vai lançar restaurante temático do Batman em Londres

Estabelecimento ficará na região central da cidade e se chamará Park Row


Governo japonês, em parceria com a DJI, está investindo em drones agrícolas

Governo japonês, em parceria com a DJI, está investindo em drones agrícolas

O uso das naves é uma alternativa para a redução de trabalhadores rurais no país


MWC 2020 é cancelada devido ao coronavírus e desistência de várias empresas

MWC 2020 é cancelada devido ao coronavírus e desistência de várias empresas

A Mobile World Congress é a maior feira anual da indústria de smartphones


Intel, Vivo e MediaTek também desistem do MWC 2020 por causa do Coronavírus

Intel, Vivo e MediaTek também desistem do MWC 2020 por causa do Coronavírus

Lista de empresas que desistiram do evento continua aumentando