Aplicativo de mensagens ToTok é acusado de ser uma ferramenta de espionagem
Créditos: CBS News

Aplicativo de mensagens ToTok é acusado de ser uma ferramenta de espionagem

The New York Times diz que o aplicativo de mensagens é na verdade uma ferramenta de espionagem dos Emirados Árabes Unidos.

De acordo com o jornal americano The New York Times, o aplicativo de mensagens ToTok é na verdade uma ferramenta de espionagem dos Emirados Árabes Unidos. O aplicativo já foi instalado em milhões de smartphones e promovido como uma forma simples e segura de conversar com amigos e familiares via texto ou vídeo – o detalhe é que o país de origem do aplicativo é conhecido por restringir serviços similares como WhatsApp e Skype.

O jornal afirma que o aplicativo é usado pelo governo dos Emirados Árabes Unidos para tentar rastrear cada conversa, movimento, relacionamento, compromisso, som e imagem dos usuários que o instalaram em seus telefones.

23/12/2019 às 09:16
Notícia

Estados Unidos está dificultando acesso ao TikTok por questõe...

Para driblar a espionagem chinesa, militares do país estão proibidos de utilizar o aplicativo

O aplicativo ToTok, que não tem nem um ano, foi baixado milhões de vezes a partir das lojas de aplicativos do Google e da Apple por usuários no Oriente Médio, Europa, Ásia, África e América do Norte. Muitos usuários do aplicativo estão localizados nos Emirados Árabes Unidos, mas neste mês de dezembro ele acabou se tornando um dos aplicativos de mensagens mais baixados nos Estados Unidos.

Segundo o jornal, entrevistas e uma investigação forense mostraram que o aplicativo ToTok é a ferramenta mais recente na corrida armamentista digital entre os governos autoritários. Os governos estão buscando métodos cada vez mais eficazes e convenientes para espionar adversários estrangeiros, redes criminosas e terroristas, jornalistas e críticos em todo mundo.

Especialistas dizem que o desenvolvimento do aplicativo mostra que os governos podem eliminar os intermediários e espionar diretamente seus alvos, que acabam cedendo suas informações voluntariamente ao instalá-lo.

O jornal diz que a empresa por trás do aplicativo ToTok, a Breej Holding, é provavelmente uma empresa de fachada afiliada à DarkMatter, uma empresa de inteligência cibernética e hacking sediada em Abu Dhabi, onde funcionários de inteligência dos Emirados, ex-funcionários da Agência de Segurança Nacional e ex-agentes de inteligência militar israelense trabalham.

Fontes do jornal dizem que a DarkMatter está sendo investigada pelo FBI por possíveis crimes cibernéticos. A análise da inteligência americana e a análise técnica também ligaram o aplicativo ToTok à Pax AI, uma empresa de mineração de dados sediada em Abu Dhabi que também parece estar ligada à DarkMatter.

O Google e a Apple já removeram o aplicativo de suas respectivas lojas.

Continua após a publicidade

Aplicativo de mensagens ToTok é acusado de ser uma ferramenta de espionagem

A análise forense do aplicativo feita por Patrick Wardle, que já trabalhou para a Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos e que agora trabalha como pesquisador de segurança, indica que ele parece ser uma cópia de um aplicativo de mensagens chinês chamado YeeCall.

Na superfície, o ToTok rastreia a localização dos usuários oferecendo uma previsão do tempo precisa. Ele procura por novos contatos sempre que o usuário abre o aplicativo, com o pretexto de que ele está ajudando a se conectar com seus amigos. Ele tem acesso aos microfones, câmeras, calendário e outros dados nos telefones dos usuários. Até mesmo seu nome foi claramente pensado para ser similar ao de outro aplicativo, o chinês TikTok.

Fonte: The New York Times
User img

Fabio Rosolen

Estamos com a MI BAND 5! Veja o que a PULSEIRA INTELIGENTE da XIAOMI pode fazer

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.