China corta tarifas de importação para alguns produtos dos EUA
Créditos: Kremlin

China corta tarifas de importação para alguns produtos dos EUA

Mudança deve resultar na redução dos preços de alguns produtos de tecnologia

O governo da China anunciou que irá reduzir as tarifas de importação sobre uma série de commodities dos Estados Unidos, o que também inclui alguns tipos de tecnologia. Com isso, a expectativa é de que uma série de produtos baseados nesses commodities possam ter os seus preços reduzidos.

23/12/2019 às 11:17
Notícia

Vendas do Mi Mix Alpha começam ainda em dezembro, anuncia Xiaomi

Celular tem especificações de alto desempenho e design inovador

Como aponta o site TechPowerUp, isso é um claro sinal de que as tensões entre China e Estados Unidos estão sendo reduzidas. A lista completa de bens que tiveram os seus impostos reduzidos inclui 859 diferentes commodities, que vão desde matérias-primas até uma variedade de polímeros e plásticos.

Além disso, também foram reduzidas as tarifas de uma série de outros commodities que afetam diretamente nos custos de produção de eletrônicos. Isso inclui materiais para a fabricação de dispositivos de armazenamento de energia (como, por exemplo, baterias), equipamentos para fabricação de semicondutores e componentes de displays LCD e OLED.

Fonte: Bloomberg

Assim como os bens necessários para a criação de uma série de produtos tecnológicos, a decisão do governo chinês também afeta commodities de outras indústrias, como a alimentícia, a de automação industrial e a de agricultura.

Ainda segundo a publicação, os itens que estão na lista atualizada de tarifas de importação da China somam US$ 389 bilhões (R$ 1,5 bilhões) em comércio anual. Isso representa 18% das importações anuais do país asiático. A expectativa é de que a redução nos impostos não irá beneficiar apenas as exportações norte-americanas para os chineses, mas que também vá estimular cortes parecidos por parte dos Estados Unidos.

  
Fonte: TechPowerUp

De acordo com o site Bloomberg, economistas preveem que o crescimento econômico do PIB chinês irá cair para cerca de 6% durante o ano de 2020. Com o objetivo de impedir maiores quedas, o Ministério das Finanças da China teria decidido pela redução das tarifas de importação.

Continua após a publicidade

Você pode clicar aqui para conferir a lista completa (em mandarim) no site do governo chinês com os bens que tiveram suas tarifas de importação reduzidas.

Via: TechPowerUp Fonte: Bloomberg
User img

Carlos Felipe

Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou parao PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.