Wish promete entregas mais rápidas e sem taxa surpresa para o Brasil
Créditos: Wish

Wish promete entregas mais rápidas e sem taxa surpresa para o Brasil

Prazo de chegada dos produtos pode ser reduzido para até menos de um mês

O e-commerce chinês Wish deu mais um passo para conquistar a grana dos brasileiros: a empresa anunciou o Wishpost, novo serviço que promete diminuir consideravelmente o tempo das entregas para o país.

De acordo com o anúncio, a empresa vai realizar otimizações em sua linha de envio no exterior, que inclui 16 armazéns na China, para garantir prazos de entrega entre 25 e 45 dias. Atualmente, as encomendas vindas da China demoram entre 35 e 60 dias.

Interface do Wish no computador

Entre as mudanças feitas está a junção de pedidos de diferentes lojistas, visando otimizar o transporte e garantindo uma entrega mais rápida. "Pedidos de diferentes comerciantes são agora consolidados antes de serem endereçados ao destinatário no Brasil", explica a empresa.

Sem taxas nos Correios

Além da entrega mais rápida, a Wish também disse que os usuários não serão mais surpreendidos com taxas dos Correios quando os produtos chegarem ao Brasil. Segundo explica o Tecnoblog, as tarifas de manuseamento postal serão incorporadas, o que evitará possíveis cobranças adicionais.

A empresa também já está preparando sua linha de entregas para a exigência de CPF dos clientes, que será necessário para compras internacionais a partir de 1° de janeiro de 2020. A companhia chinesa já está coletando informações e pretende tornar todas os pacotes compatíveis com a nova regra já no começo do ano, sem que os comerciantes precisem se preocupar com mercadorias em trânsito.

Via: Tecnoblog, Estadao
User img

Mateus Mognon

Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.