Dados de mais de 267 milhões de usuários do Facebook foram expostos na Web
Créditos: Getty Images

Dados de mais de 267 milhões de usuários do Facebook foram expostos na Web

Os dados expostos incluem IDs únicos do Facebook, números de telefone, nome completo e outros.

De acordo com informações divulgadas recentemente por um pesquisador de segurança, mais de 267 milhões de usuários do Facebook tiveram seus dados expostos na Web. Os dados expostos incluem IDs únicos, números de telefone, nome completo e outros.

Segundo o pesquisador de segurança Bob Diachenko, as informações foram encontradas em um banco de dados que podia ser acessado sem o uso de senha ou outra forma de autenticação. O pesquisador acredita que os dados foram coletados como parte de uma operação ilegal ou através do abuso das APIs do Facebook.

24/11/2019 às 22:17
Notícia

Maior vazamento da história expos dados de 1,2 bilhão de pessoas

Hackers pode ter obtido 4TB com nomes, emails e números de telefone vindos de LinkedIn, Facebook e ou...

Dianchenko que ele notificou o provedor de serviços de internet responsável pelo endereço IP do servidor contendo o banco de dados, que ficou exposto por quase duas semanas. Neste período, os dados foram disponibilizados para download em um fórum utilizado por hackers. Os dados expostos podem ser usados por criminosos em golpes na Web.

"Estamos analisando esse problema, mas acreditamos que é provável que as informações foram obtidas antes das mudanças que fizemos nos últimos anos para proteger melhor as informações das pessoas", disse um porta-voz do Facebook ao site Engadget.

O relatório do pesquisador de segurança diz que informações de um total de 267.140.436 de usuários foram expostas. O maior número de usuários com informações expostas está nos Estados Unidos.

As informações encontradas no banco de dados exposto incluem:

- ID único do Facebook
- Número de telefone 
- Nome completo
- Data e hora

O servidor com o banco de dados exposto continua uma página de login com uma nota de boas-vindas. Os IDs do Facebook são números únicos associados às contas e podem ser usados para discernir o nome de usuário e outras informações do seu perfil. Um exemplo de conteúdo exposto pode ser visto abaixo:

Dados de mais de 267 milhões de usuários do Facebook foram expostos na Web

Infelizmente, esta não foi a primeira vez que milhões de usuários do Facebook tiveram seus dados expostos online. Em setembro deste ano um pesquisador de segurança encontrou um banco de dados contendo dados de 419 milhões de usuários. Um ano antes, um ataque expôs informações de 29 milhões de usuários.

Erros cometidos por terceiros deixaram as informações de 540 milhões de usuários expostas e no início de 2019, mais de 20.000 funcionários do Facebook tiveram acesso às senhas de mais de 600 milhões de usuários da rede social.

Fonte: Engadget, TweakTown
User img

Fabio Rosolen

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

YouTube melhora proteção da privacidade das crianças

YouTube melhora proteção da privacidade das crianças

Mudanças anunciadas em setembro passado já começaram a ser implementadas


Hacker divulga senhas de mais de 500.000 servidores, roteadores e dispositivos IoT

Hacker divulga senhas de mais de 500.000 servidores, roteadores e dispositivos IoT

Todas as listas que o hacker vazou são datadas de outubro a novembro de 2019


Facebook decidiu que não vai colocar anúncios na home do Whatsapp

Facebook decidiu que não vai colocar anúncios na home do Whatsapp

Empresa encerrou os planos de propagandas no app por tempo indeterminado


WhatsApp apresenta problemas e não está enviando fotos e vídeos

WhatsApp apresenta problemas e não está enviando fotos e vídeos

Instabilidade começou na manhã deste domingo (19) e também afeta recursos como o Status


TikTok teve mais downloads que Facebook e Messenger em 2019

TikTok teve mais downloads que Facebook e Messenger em 2019

Mais do que 700 milhões de pessoas baixaram o app, de acordo com o site Sensor Tower