Réus acusados de envolvimento com streaming criminoso nos EUA se declaram culpados
Créditos: TudoCelular | Tecfront

Réus acusados de envolvimento com streaming criminoso nos EUA se declaram culpados

Sites com sede em Las Vegas prometiam mais conteúdo que Netflix, Hulu e Amazon Prime

No início de 2019, um júri federal dos Estados Unidos acusou oito homens de estarem envolvidos com o Jetflicks e o iStreamitAll, que estão entre os maiores serviços de streaming ilegais dos EUA. Nesta semana, dois réus foram considerados culpados - Darryl Julius Polo ou djppimp, que ganhou mais de um milhão de dólares em receita com os serviços, e  Luis Angel Villarino.

 As plataformas tinham sede em Las Vegas e ofereciam milhares de filmes e programas de TV pirateados. Os programas Torrent e Usenet eram utilizados para  fazer a coleta dos conteúdos e o acesso era permitido através de uma assinatura que ia de US$19,99 por mês até US$179,99 por ano.  Ambos funcionavam em navegadores regulares e através de vários aplicativos.

11/12/2019 às 10:20
Notícia

The Pirate Bay, maior site de torrent do mundo, está testando...

Não é a primeira vez que o veterano em torrents na internet testa esse recurso

“Essas ferramentas permitiram ao réu procurar filmes e programas de televisão piratas disponíveis em alguns dos sites de torrent mais populares do mundo, como The Pirate Bay, RARBG e TorrentDay, além de alguns dos maiores sites de índices da Usenet NZB.”- Trecho da declaração de fatos.

Darryl Julius Polo era dono e operador do iStreamitAll (ISIA), site que ele criou após ter se envolvido com o Jetflicks. O réu admitiu as várias acusações de violação de direitos autorais e também uma taxa de lavagem de dinheiro.Para clientes em potencial, ele apresentava seu serviço como uma plataforma com mais conteúdo que a Netflix, Hulu e Amazon Prime. Apenas o ISIA tinha 118.479 episódios de diferentes programas de TV e 10.980 filmes individuais, de acordo com declaração assinada.

Além disso, Polo já havia se envolvido com várias outras plataformas de conteúdo pirata - o indexador NZB SmackDownOnYou, BoxBusters.TV, Jailbreakingtheipad e o site de pirataria de música MixtapeUG.

06/12/2019 às 19:01
Notícia

Netflix começa a testar novo recurso que baixa conteúdo recom...

"Downloads Para Você" pode ajudar usuários a não ficarem sem ter o que assistir

Junto com Polo,  Luis Angel Villarino admitiu trabalhar como programador do Jetflicks entre dezembro de 2016 e junho de 2017 principalmente para otimizar os scripts que buscavam os programas de TV piratas. Ele concordou com a acusação de "conspiração para cometer violação de direitos autorais", que tem pena máxima de cinco anos de prisão. As penalidades máximas por violação de direitos autorais chegam a cinco anos e a lavagem de dinheiro é punível com até 20 anos na cadeia.

Continua após a publicidade

Polo e Villarino terão que restituir suas vítimas e, por terem admitido culpa, podem ter suas penas diminuídas. Eles concordam em cooperar totalmente com as investigações adicionais do caso e podem ter que fornecer informações e testemunhar contra os seis réus restantes, que vão a julgamento em fevereiro de 2020 - os dois serão julgados um mês depois.

Via: Torrentfreak
User img

Saori Almeida

Saori Almeida é natural do Rio Grande do Sul, técnica em administração formada pelo Centro Tecnológico de Caxias do Sul (CETEC) e estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Gosta da cultura asiática e nerd no geral e tem interesse crescente por tecnologia e games desde pequena - gosto que se intensifica diariamente na redação.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.