Créditos: Mark Rober

Ex-funcionário da NASA cria bomba de glitter fedida para pegar ladrões de encomenda

Essa já é a segunda versão da bomba criada pelo Youtuber

Mark Rober é um ex-funcionário da NASA que saiu do seu emprego anterior para se dedicar a vídeos de ciência e experimentação no YouTube. Uma de suas melhores inspirações para vídeos aconteceu após ele ter sua encomenda roubada, o que o impulsionou a criar uma armadilha para pegar ladões de correspondência. Em 2019, Mark aperfeiçoou sua bomba de glitter e transformou ela em uma bomba de glitter… fedida! A segunda versão levou o nome de "Glitter Bomb Trap" (armadilha de bomba de glitter).

Caso você não saiba, as correspondências nos Estados Unidos são, comumente, entregues na porta de casa, ficando lá até o destinatário pegar o pacote. Essa forma de entrega possibilita que outras pessoas possam roubar as entregas que estão nas portas à espera de seus donos. De acordo com o YouTuber, seu pacote foi roubado e ele logo entrou em contato com a polícia, mas as autoridades não fizeram nada mesmo tendo acesso à imagens gravadas pela câmera de segurança da casa de Mark. Assim, ele decidiu fazer, ou melhor, construir sua própria vingança. 

11/12/2019 às 09:00
Notícia

Walmart vai começar a fazer entregas com veículo autônomo, o ...

Os primeiros delivery serão feitos em Houston, para clientes selecionados

Em 2018, o ex-funcionário da NASA criou uma caixa com um dispositivo automático que espalhava glitter no ladrão. Isso tudo era gravado em tempo real com smartphones alojados dentro da caixa. Um ano se passou e Mark Rober decidiu aprimorar sua armadilha, adicionando no pacote falso sprays com um cheiro muito fedido. Para finalizar, também foram adicionadas na armadilha uma gravação de rádio policial e uma contagem regressiva.

O YouTuber também contou com a ajuda simbólica do ator Macaulay Culkin, conhecido pelo seu papel de Kevin McCallister nos filmes "Esqueceram de Mim", onde o pequeno Kevin pregava peças nos ladrões que tentavam invadir sua casa.

De acordo com Mark, ele passou por muito trabalho para durante esses 11 meses anteriores para produzir esse vídeo. Depois de terminar o protótipo da caixa, ele entrou em contato com alguns voluntários dos Estados Unidos que estavam dispostos a testar sua armadilha. Muitas delas deram certo e assustaram os ladrões, mas uma delas nem sequer foi "ativada", sendo que o voluntário pegou a caixa e guardou-a consigo. Felizmente, Mark conseguiu localizar a casa e o contato real do voluntário ladrão e pregou algumas outras pegadinhas nele. 

Além de "trolar" os ladrões de correspondência, Mark também deu uma quantia de dinheiro para as pessoas que evitaram que as "Glitter Bomb Trap" fossem roubadas. Essas pessoas não sabiam que se tratava de uma armadilha, e gentilmente reposicionaram as caixas em um local mais seguro na frente das casas dos voluntários. É claro que Mark conseguiu acompanhar tudo pelas câmeras embutidas na correspondência falsa. 

User img

Mariela Cancelier

Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), fui estagiária do Adrenaline/Mundo Conectado entre 2015 e 2017. Gosto de jogos de luta (o que marcou minha infância foi Tekken 4) e MOBAs. Atualmente sou colaboradora de ambos sites e apareço de vez em quando em alguns vídeos e reviews dos canais.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

YouTube começa a testar o Shorts, novo rival do TikTok

YouTube começa a testar o Shorts, novo rival do TikTok

A novidade começou a chegar para alguns usuários do aplicativo


Telescópio espacial Hubble tira foto de galáxia com aparência floculenta

Telescópio espacial Hubble tira foto de galáxia com aparência floculenta

Galáxia NGC 4237 com aparência “fofa” está localizada na constelação Coma Berenices


Metade das empresas de pequeno porte dos EUA tem dinheiro para sobreviver 27 dias paradas

Metade das empresas de pequeno porte dos EUA tem dinheiro para sobreviver 27 dias paradas

Pesquisa de 2015 mostra como o coronavírus pode impactar a maior economia do mundo


YouTube vai limitar qualidade de transmissão dos vídeos para evitar colapso da internet

YouTube vai limitar qualidade de transmissão dos vídeos para evitar colapso da internet

A medida terá 30 dias de duração e vale a partir desta terça-feira (24)


Netflix reduz qualidade de streaming de vídeos no Brasil

Netflix reduz qualidade de streaming de vídeos no Brasil

Medida visa evitar a sobrecarga da rede