Mesmo com problemas, Huawei vai chegar perto da Samsung na vendas de celulares
Créditos: Engadget

Mesmo com problemas, Huawei vai chegar perto da Samsung na vendas de celulares

Companhia chinesa permanece em segundo lugar no mercado de smartphones

Apesar de o bloqueio comercial dos Estados Unidos ter atrapalhado os negócios da Huawei no mercado mobile, a companhia de análise Strategy Analytics espera que a firma se aproxime da Samsung na venda de dispositivos móveis durante o ano de 2019. De acordo com a especialista de mercado, a fabricante chinesa vai entregar 251 milhões de celulares neste ano e angariar uma fatia de 17,7% da indústria, mais do que os 14,4% registrados no ano passado.

Ainda assim, a Huawei não conseguirá superar a Samsung. A fabricante sul-coreana deve comercializar cerca de 323 milhões de celulares em 2019, garantindo uma fatia de 21,3% da indústria. Os números representam um crescimento em relação aos resultados da dona dos Galaxy no ano passado: em 2018, a firma vendeu 291 milhões de dispositivos móveis e obteve uma participação de mercado de 20,3%.


Imagem: Phone Arena/Reprodução

Mesmo com as limitações que impedem a Huawei de usar serviços da Google em seus novos smartphones, a companhia deve diminuir a diferença de vendas com a Samsung de 5,9% para 3,6% este ano. A gigante chinesa também vai se distanciar ainda mais da Apple, que é dona do terceiro lugar em vendas, com 193 milhões de iPhones comercializados em 2019 (13,6% de participação no número total), segundo as estimativas da Strategy Analytics

06/12/2019 às 17:33
Notícia

Huawei lança no Brasil serviço Huawei Assistant e plataforma ...

Novo recurso para desenvolvedores conta com 1 milhão de participantes globais

Apesar de estar indo bem, a Huawei acabou sentindo o golpe dado pelos Estados Unidos, principalmente fora de casa. A ausência da Play Store nos smartphones da linha Mate 30 acabarou atrapalhando a comercialização em locais como a Europa. Ainda assim, a firma continua forte em seu mercado natal e já domina  quase 50% das vendas de celulares na China. Atualmente, a companhia permanece proibida de fazer negócios com a Google e, como a Guerra Comercial continua, quem sabe a empresa tenha que lidar com esse cenário no decorrer de 2020.

 A Huawei já apresentou seu sistema operacional, o HarmonyOS, mas disse que pretende continuar usando a versão de código aberto do Android, aliado ao seu próprio serviço de apps. Agora é esperar para ver se as iniciativas vão para frente durante o ano que vem.

Via: Phone Arena
User img

Mateus Mognon

Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Semana BLACK FRIDAY: 7 DICAS para COMPRAR MUITO BARATO na INTERNET!

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.