Chrome 79 alerta usuário caso sua senha já tenha sido vazada na internet

Chrome 79 alerta usuário caso sua senha já tenha sido vazada na internet

Nova versão do navegador traz melhorias de segurança e novas medidas preventivas

A Google lançou nesta terça-feira a mais recente versão de seu navegador, o Chrome 79, que chega para usuários do Windows, Mac, Linux, Chrome OS, Android e iOS. Como de costume, a nova versão traz correções de bugs e também novos recursos de segurança, além de medidas preventivas para ajudar o usuário nas questões de dados pessoais. 

12/11/2019 às 10:43
Notícia

Aplicativos Web ficarão mais rápidos no Google Chrome

Alguns deles também poderão ser usados sem conexão à internet disponível

O Chrome 79 atualizou o browser com suporte interno para a ferramenta de verificação de senha, "lista negra" de sites maliciosos atualizada em tempo real por meio da API de navegação segura, disponibilidade geral de proteções contra phishing, proibição de carregamento HTTPS de "conteúdo misto", suporte para congelamento de guias, uma nova interface do usuário para a seção de perfil do Chrome Sync e suporte para um mecanismo de cache para voltar ou avançar no histórico de navegação (o que vai tornar o carregamento das páginas mais rápido).

Sobre a verificação de senha, o navegador recebeu o Password Checkup, um serviço on-line por meio do qual o Google pega todas as suas senhas sincronizadas com o Chrome e verificar se alguma delas já vazou por meio de outros serviços on-line. Até então, a verificação de senha era apenas uma extensão do Chrome, mas a partir do Chrome 79 o usuário terá acesso ao recurso de verificação de senha integrado ao próprio Chrome. Para usá-lo, os usuários do Chrome devem estar conectados à sua conta do Google no navegador.

O sistema de navegação segura do Chrome foi gerenciado durante muito tempo por uma API. Por meio dessa ferramenta, o Chrome baixava uma lista de sites inválidos conhecidos a cada 30 minutos. Quando um usuário visitava um site, por exemplo, o Chrome verificava a URL nessa lista de sites maliciosos que eram armazenados localmente nos navegadores de todos os usuários. 

Por causa desse tempo de atualização de 30 minutos, muitos sites maliciosos acharam uma oportunidade de mudar seus domínios online de maneira mais rápida. Por causa desse brecha, o Chrome 79 receberá uma nova opção na seção "Serviços de sincronização e Google" que permitirá aos usuários ativar a verificação de sites perigosos em tempo real.


 

O Chrome 79 também vai contar com o Predictive Phishing, agora, disponível para tudo. A ferramenta avisa os usuários quando eles podem estar inserindo senhas em sites suspeitos de phishing. O recurso estará disponível para todos os nomes de usuário e senhas armazenados no banco de dados de senhas do Chrome, mesmo se o usuário estiver usando o recurso Sincronizar ou não.

Outra boa atualização do navegador versão Chrome 79 é a alteração cosmética na seção suspensa do perfil do usuário. Veja abaixo com fica o design de perfil:

Via: ZD Net

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Google I/O 2020: Evento para desenvolvedores começa no dia 12 de maio

Google I/O 2020: Evento para desenvolvedores começa no dia 12 de maio

A data foi confirmada no Twitter pelo CEO Sundar Pichai


É oficial: Príncipe da Arábia Saudita hackeou o telefone do CEO da Amazon, Jeff Bezos

É oficial: Príncipe da Arábia Saudita hackeou o telefone do CEO da Amazon, Jeff Bezos

Um relatório da empresa de segurança forense FTI Consulting confirmou o caso


Google ajuda Janelia Research Campus em novo marco no mapeamento de neurônios

Google ajuda Janelia Research Campus em novo marco no mapeamento de neurônios

Modelo com 25.000 neurônios de uma mosca é o maior e mais completo já feito


Tinder trabalha em botão para ser usado em situações de emergência

Tinder trabalha em botão para ser usado em situações de emergência

Botão pode enviar serviços de emergência direto para sua localização


Nova versão de testes do navegador Safari não suporta o Adobe Flash Player

Nova versão de testes do navegador Safari não suporta o Adobe Flash Player

Plugin da Adobe será descontinuado no final de 2020