Próximo iPhone 2020 pode ter uma bateria maior, sem ocupar mais espaço
Créditos: SlashGear

Próximo iPhone 2020 pode ter uma bateria maior, sem ocupar mais espaço

Apple pode estar trabalhando em uma solução para dar mais autonomia para o smartphone

Um novo relatório divulgado pelo site MacRumors, diz que os próximos iPhones devem chegar com bateria maior, mas sem precisar de um grande espaço. Um dos principais motivos para as empresas não colocarem uma bateria muito grande nos dispositivos é por ele ficar muito grande e pesado. Mas, segundo a publicação, a Apple está procurando alternativas para solucionar esse problema.

O tempo de autonomia do smartphone sempre é algo importante durante o uso do aparelho. Não basta ser um bom dispositivo, se ele não aguentar muito tempo longe da tomada. As empresas enfrentam portanto um sério dilema: aumentar o tamanho da bateria e entregar um produto final muito grande, ou diminuir esse espaço e ter um tempo de duração menor.

08/12/2019 às 15:33
Notícia

Imagem não oficial do iPhone 12 vira motivo de piada no Twitter

Suposto vazamento mostra aparelho com quatro câmeras bem protuberantes

Há ainda a possibilidade de fazer com que o sistema operacional otimize esse tempo de uso. Isso é algo que a Apple já procura fazer nos atuais smartphones, que são equipados com iOS, sistema próprio para iPhones, que faz a integração com os demais componentes do aparelho. Mas, aparentemente ainda não está sendo o suficiente. Com telas consumindo cada vez mais energia, e com a presença que os dispositivos móveis estão ocupando na vida das pessoas, é natural que a capacidade precise ser aumentada.

Segundo o MacRumors, a solução encontrada para os iPhones vai ser um circuito menor no módulo de proteção da bateria. Esse espaço é responsável por impedir que as baterias sofram com um sobrecarregamento. Isso vai ser possível devido à tecnologia da ITM Semiconductor, que consegue reduzir o tamanho desse módulo em praticamente metade da espessura. O tamanho comum é de 50mm de comprimento por 1,80mm de espessura, com a nova tecnologia o comprimento será de até 26mm por 1,00mm de espessura.

21/08/2019 às 10:23
Notícia

A Apple pode trazer carregamento rápido com padrão USB-C na c...

O iPhone 11 pode ser o primeiro smartphone da empresa com suporte a carregamento rápido

Assim, os smartphones vão poder ter uma bateria maior, com mais capacidade e maior tempo de autonomia, utilizando o mesmo espaço utilizado. Ainda não se sabe de fato se essa solução irá resultar em grandes melhorias de fato, mas a Apple vem se empenhando para oferecer melhores resultados para os seus clientes. A última versão foi equipada com carregamento rápido, algo que já é comum entre os dispositivos Android, mas ainda não foi amplamente utilizada nos iPhones.

Via: Slash Gear Fonte: MacRumors
User img

Ana Luiza Pedroso

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Mi 10: confira todos os rumores sobre o novo celular topo de linha da Xiaomi

Mi 10: confira todos os rumores sobre o novo celular topo de linha da Xiaomi

Modelos virão equipados com Snapdragon 865 e bom conjunto de câmeras, mas modem 5G será obrigatório?!


Galaxy Fold 2 tem suas especificações vazadas, devendo ser lançado até o mês de junho

Galaxy Fold 2 tem suas especificações vazadas, devendo ser lançado até o mês de junho

Sucessor da primeira geração de smartphones dobráveis da empresa deve contar com uma tela maior e suporte a S-Pen


Galaxy S20 na cor rosa e capas protetoras aparecem em novo vazamento

Galaxy S20 na cor rosa e capas protetoras aparecem em novo vazamento

Depois de tantos vazamentos, parece que teremos mais um lançamento sem surpresas


Novo celular da POCO será lançado em fevereiro

Novo celular da POCO será lançado em fevereiro

Teasers indicam que ele pode ser lançado como POCO X2


Galaxy Fold tem todas as unidades vendidas no Brasil nas primeiras 24 horas

Galaxy Fold tem todas as unidades vendidas no Brasil nas primeiras 24 horas

O dispositivo é o primeiro smartphone dobrável vendido no Brasil pelo preço de R$12.999