Facebook treina funcionários com chat bots para responder perguntas polêmicas
Créditos: Eric Thayer/The New York Times

Facebook treina funcionários com chat bots para responder perguntas polêmicas

Colaboradores estão preocupados com a pressão dos familiares em festas de fim de ano

Pode parecer piada, mas o Facebook agora tem um chat bot capaz de preparar seus funcionários para as perguntas mais difíceis sobre a rede social, o papel dela na sociedade e sobre as polêmicas envolvendo vazamentos de dados.

Segundo o The New York Times, alguns colaboradores recorreram a seus superiores explicando estarem preocupados sobre possíveis perguntas sobre o trabalho feitas por amigos e familiares durante as festas de fim de ano. Para resolver isso, o Facebook criou uma ferramenta de chatbot com uma programação simples que conversa de maneira esclarecedora com os funcionários que precisam de uma ajuda.

Mark Zuckerberg não vai impedir
conteúdos pagos por políticos no Facebook

 

Dessa forma, fica fácil responder o pai ou a mãe quando questionarem sobre a relação da rede social e a democracia ou até mesmo sobre Mark Zuckerberg e a escolha de coletar dados das pessoas online. Se um funcionário pergunta ao chatbot o que responder quando alguém pergunta sobre o Facebook e sua relação com discurso de ódio, ele sugere algumas das abordagens abaixo:

-  O Facebook consulta sobre assunto com especialistas.
- Ele contratou mais moderadores para policiar seu conteúdo.
- Está trabalhando no A.I. para detectar discurso de ódio.
- A regulamentação é importante para abordar a questão.

Entre as sugestões, também menciona o poder das estatísticas no convencimento das pessoas. As respostas foram reunidas pelo departamento de relações públicas do Facebook, repetindo o que os executivos da empresa disseram publicamente. O nome do robozinho responsável pelo direcionamento que pode salvar os funcionários em momentos difíceis se chama Liam Bot, sem uma explicação da origem do nome.

Continua após a publicidade

O Facebook não para de perder credibilidade, mesmo um ano depois de grandes escândalos de vazamentos de dados de milhões de usuários, a rede social parece não recuperar a confiança dos cadastrados. Recentemente, Zuckerberg foi questionado sobre a restrição de notícias falsas e conteúdos pagos por políticos em sua rede social e comentou que não vai fazer nada para impedir isso, segundo ele os usuários têm que saber reconhecer o que é falso.

Fonte: New York Times
User img

Neri Neto

O universo geek faz parte do dia a dia, da vida, deste jornalista. Formado pela Universidade Federal de Santa Catarina, Neri Neto é responsável por conteúdos diversos no Mundo Conectado. Ele adora tecnologia, cinema, games e descobriu ainda na infância que a linguagem dos vídeos seria perfeita para falar de tudo que ama. Neri também fala bastante em terceira pessoa, gosta de descontrair e está sempre nas redes sociais.

Semana BLACK FRIDAY: 7 DICAS para COMPRAR MUITO BARATO na INTERNET!

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.