Mark Zuckerberg não vai impedir anúncios pagos por políticos no Facebook
Créditos: Charles Platiau/Reuters

Mark Zuckerberg não vai impedir anúncios pagos por políticos no Facebook

Prática favorece circulação de notícias falsas durante campanhas eleitorais

Mark Zuckerberg não está muito preocupado com as notícias falsas que podem circular em sua plataforma nos próximos anos, o CEO e fundador do Facebook anunciou a decisão de não derrubar publicidade com teor político contendo informações falsas. Em entrevista à CBS, Zuckerberg comenta acreditar na democracia, explica que é realmente importante que as pessoas sejam capazes de elas mesmas verem o que os políticos estão dizendo. Ele também afirma que não acha que as empresas privadas devam censurar políticos ou notícias.

Falha do Facebook abre câmera
de usuários sem pedir permissão

Já o entrevistador do programa Gayle King, disse que um pequeno grupo de empregados, cerca de 200, escreveram uma carta dizendo que eles desejam que esse posicionamento seja reconsiderado. Segundo explicado pelos colaboradores na carta assinada, livre discurso não é o mesmo que discurso pago. Sobre isso, Zuckerberg adiciona:

"Bem, essa é claramente uma questão muito complexa, e muitas pessoas têm muitas opiniões diferentes. No final das contas, acho que, em uma democracia, as pessoas devem poder ver por si mesmas o que os políticos estão dizendo".
Mark Zuckerberg, CEO e fundador do Facebook

Pressionado por uma explicação, o CEO reforça que as pessoas devem ser capazes de julgar os personagens políticos sozinhas. Em outubro, Zuckerberg se encontrou com Donald Trump e conversaram, segundo o fundador, sobre "uma série de coisas que estava na mente do presidente dos Estados Unidos e outros tópicos noticiados.

Segundo informado pela CBS, o encontro não foi preparado pela Casa Branca, mas pessoalmente pelos envolvidos. Trump desencoraja o Facebook de banir anúncios políticos, algo que não é comentado abertamente por Mark, que prefere "respeitar que foi uma janta privada" e uma "discussão privada".

Fonte: CBS News

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

É oficial: Príncipe da Arábia Saudita hackeou o telefone do CEO da Amazon, Jeff Bezos

É oficial: Príncipe da Arábia Saudita hackeou o telefone do CEO da Amazon, Jeff Bezos

Um relatório da empresa de segurança forense FTI Consulting confirmou o caso


Tinder trabalha em botão para ser usado em situações de emergência

Tinder trabalha em botão para ser usado em situações de emergência

Botão pode enviar serviços de emergência direto para sua localização


Nova versão de testes do navegador Safari não suporta o Adobe Flash Player

Nova versão de testes do navegador Safari não suporta o Adobe Flash Player

Plugin da Adobe será descontinuado no final de 2020


Microsoft expõe registros de suporte de 250 milhões de clientes por acidente

Microsoft expõe registros de suporte de 250 milhões de clientes por acidente

Erros de base de dados deixaram dados expostos a qualquer um com um navegador


Garena lança grupo musical T.R.A.P. com personagens de Free Fire

Garena lança grupo musical T.R.A.P. com personagens de Free Fire

Primeiro single lançado se chama "I'm on Fire" e já tem até clipe oficial