Um em cada quatro jovens possui relação problemática com smartphones
Créditos: Wikimedia Commons

Um em cada quatro jovens possui relação problemática com smartphones

Segundo estudo, uso excessivo pode acarretar em problemas como depressão e ansiedade

Um estudo publicado no jornal BMC Psychiatry aponta que um a cada quatro jovens possui problemas com uso de smartphone que podem levar a quadros de depressão e ansiedade. A pesquisa foi realizada com dados de 41 estudos, englobando cerca de 42 mil entrevistados com menos de 20 anos de idade da Europa, Ásia e América. No final, a equipe constatou que 23% dos participantes possuem relação disfuncional com o celular, o que pode estar associado com problemas de saúde mental.

De acordo com as conclusões encontradas no levantamento, o uso exagerado é mais comum em usuários com mais poder aquisitivo, baixa auto-estima ou com maiores níveis de solidão. Um dos fatores que também foi identificado em alguns dos jovens com relação problemática com o celular é a adoção de novas tecnologias que ainda não emplacaram (os "early adopters"). 

03/07/2019 às 15:11
Notícia

83% das pessoas usam seus smartphones como plataforma de game...

Pesquisa Game Brasil 2019 mostra a consolidação dos celulares como principal plataforma dos jogadores...

Além disso, a pesquisa concluiu que os dependentes de internet possuem como principal interesse o Facebook. Os usuários disfuncionais também possuem tendência a realizar compras compulsivas e consumir altos níveis de álcool e cigarro. Quanto aos problemas mentais, o levantamento encontrou padrões que ligam o uso excessivo de dispositivos móveis e tecnológicos com o desenvolvimento de depressão, ansiedade, estresse e falta de sono.

Como o estudo foi feito com base em materiais coletados previamente entre 2011 e 2017, a base de dados não é tão atualizada, tanto que os próprios responsáveis pelo levantamento estão cientes disso. Segundo a coautora do levantamento, Nicola J. Kalk, as evidências encontradas ainda são pobres, mas servem como um norte para um problema que merece atenção. "Parece que uma minoria substancial de adolescentes e jovens de vários países diferentes estão relatando um padrão de comportamento que reconhecemos de outros vícios", explica a especialista.

Ou seja, mesmo que os resultados pareçam preocupantes, ainda é necessário esperar por mais pesquisas para concluir se existe mesmo uma relação entre o uso de celulares e o crescimento de doenças mentais.

Via: Fudzilla Fonte: BMC Psychiatry

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Mi 10: confira todos os rumores sobre o novo celular topo de linha da Xiaomi

Mi 10: confira todos os rumores sobre o novo celular topo de linha da Xiaomi

Modelos virão equipados com Snapdragon 865 e bom conjunto de câmeras, mas modem 5G será obrigatório?!


Galaxy S20 na cor rosa e capas protetoras aparecem em novo vazamento

Galaxy S20 na cor rosa e capas protetoras aparecem em novo vazamento

Depois de tantos vazamentos, parece que teremos mais um lançamento sem surpresas


Google I/O 2020: Evento para desenvolvedores começa no dia 12 de maio

Google I/O 2020: Evento para desenvolvedores começa no dia 12 de maio

A data foi confirmada no Twitter pelo CEO Sundar Pichai


Novo celular da POCO será lançado em fevereiro

Novo celular da POCO será lançado em fevereiro

Teasers indicam que ele pode ser lançado como POCO X2


Chinesa Alibaba pode ter seu próprio celular dobrável com tela frente e verso

Chinesa Alibaba pode ter seu próprio celular dobrável com tela frente e verso

Patente registrada pela empresa em 2019 foi aprovada agora em janeiro