Prejuízo da Oi chega a R$ 5,7 bilhões no terceiro trimestre de 2019

Prejuízo da Oi chega a R$ 5,7 bilhões no terceiro trimestre de 2019

Operadora iniciou recentemente o processo de venda de seu negócio de telefonia móvel

A operadora de telefonia Oi divulgou nesta segunda-feira seus resultados financeiros para o terceiro trimestre de 2019. Os resultados mostram um prejuízo líquido de R$ 5,747 bilhões no período - 4,3 vezes maior do que o de R$ 1,336 bilhão registrado no mesmo período no ano passado.

Em comparação com o segundo trimestre de 2019, quando o prejuízo da operadora chegou a R$ 1,559 bilhão, o aumento das perdas foi de 3,6 vezes.

19/01/2019 às 19:48
Notícia

DJI descobre fraude de funcionários que pode resultar em prej...

Golpe envolvia aquisição inflada de componentes eletrônicos para a fabricação de drones

O Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) no terceiro trimestre caiu 32,9% em relação ao ano anterior e 19,6% em relação ao segundo trimestre, chegando a R$ 979 milhões.

A receita líquida da operadora foi de R$ 5,001 bilhões. Este valor representa uma queda de 8,8% na comparação com o ano anterior. Já a dívida líquida da Oi apresentou crescimento e chegou a R$ 14,713 bilhões no final de setembro deste ano.

Prevista inicialmente para novembro, a divulgação dos resultados financeiros havia sido adiada pela operadora. Ela alegou que precisava de mais tempo para concluir a auditoria sobre os números e para cumprir o acordo firmado anteriormente com o Securities and Exchange Commission (SEC), órgão que regula os mercados nos Estados Unidos.

O prejuízo da Oi coloca a operadora entre as empresas abertas com os maiores prejuízos. A operadora está atualmente em fase de recuperação judicial e recentemente iniciou o processo de venda de seu negócio de telefonia móvel.

A operadora vem trabalhando para expandir seu negócio de banda larga por fibra óptica, mas os resultados não são animadores. A Oi confirmou que a maior parte da sua base atual de banda larga é composta por acessos via cobre (ADSL e VDSL). O total de clientes com acesso via fibra óptica é de 408 mil, bem abaixo dos 4,5 milhões de clientes com ADSL e VDSL.

Fonte: Oi, Exame
User img

Fabio Rosolen

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.