Computação na velocidade da luz é atingida por cientistas em Oxford
Créditos: Phys.org

Computação na velocidade da luz é atingida por cientistas em Oxford

Pesquisadores conseguiram eliminar a barreira entre ótica e eletrônica

Cientistas da Universidade de Oxford conseguiram atingir, pela primeira vez na história, computação na velocidade da luz. De acordo com o site Tweak Town, eles desenvolveram um novo dispositivo compacto que é capaz de eliminar a barreira entre a ótica e a computação eletrônica.

29/11/2019 às 17:04
Notícia

Polícia de Dubai deve ganhar reforço do Cybertruck da Tesla

Picape elétrica deve atuar em áreas turísticas da cidade

Isso porque esse aparelho é capaz de programar tanto fótons quanto elétrons para carregarem informações. Ele é considerado o primeiro dispositivo do tipo "eletro-ótico" no mundo. Com o avanço, está aberto o caminho para a criação de processadores e módulos de memória mais rápidos com consumo mais eficiente.

O feito é do grupo de pesquisa de Engenharia Avançada em Nanoescala (Advanced Nanoscale Engineering) da Universidade de Oxford, na Inglaterra. O líder da equipe é o professor Harish Bhaskaran, que é PhD em Engenharia Mecânica, e trabalhou em conjunto com uma série de outras universidades.

Fonte: Universidade de Oxford

A ideia de transferir informações na velocidade da luz não é uma novidade para a humanidade, mas essa é a primeira vez em que isso consegue ser feito para uma maior carga de dados. O dispositivo desenvolvido usa a luz para codificar e transferir informações, o que significa que esses dados viajam numa velocidade de 299 milhões de metros por segundo.

Anteriormente, esse método de transferência de dados não era possível porque haviam incompatibilidades entre os fótons e os elétrons que eram usados para o armazenamento de dados. Para resolver isso, os cientistas de Oxford reduziram o tamanho da luz para dimensões nanoscópicas e combinaram isso com um aumento na densidade da energia.

Para mais informações sobre a pesquisa (em inglês), confira o artigo publicado pelos pesquisadores.

Via: Tweak Town Fonte: Phys.org
User img

Carlos Felipe

Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou parao PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Drones da DJI serão utilizados em atendimentos emergênciais

Drones da DJI serão utilizados em atendimentos emergênciais

Fabricante de drones anunciou parceria com a empresa Rosenbauer, especializada no combate a incêndios


Câmeras termográficas ajudam a combater Covid-19 em aeroportos e fábricas

Câmeras termográficas ajudam a combater Covid-19 em aeroportos e fábricas

Tecnologia ajuda governos a encontrarem quem está com febre, um dos sintomas da doença


Google decide usar IA para criar chips de IA mais rápido que os humanos

Google decide usar IA para criar chips de IA mais rápido que os humanos

Sistema deverá encontrar solução mais rápida para produzir chips mais eficientes


LG anuncia doação de equipamentos eletrônicos ao hospital Albert Einstein

LG anuncia doação de equipamentos eletrônicos ao hospital Albert Einstein

Parceria tem o objetivo de auxiliar demanda de pacientes com o novo Coronavírus


Kit detector do COVID-19 mostra resultado em apenas 5 minutos

Kit detector do COVID-19 mostra resultado em apenas 5 minutos

Dispositivo foi aprovado pela Food and Drug Administration dos Estados Unidos