Samsung deverá produzir os próximos CPUs da Intel de 14 nm e 10 nm
Créditos: Intel

Samsung deverá produzir os próximos CPUs da Intel de 14 nm e 10 nm

Imprecisa é a palavra que a Intel utilizou para desmentir o 'boato'

25/04/2019 às 17:19
Notícia

Processadores Core de desktop 10nm da Intel podem chegar só e...

A próxima geração de arquitetura de CPU Ocean Cove será a primeira implantada em 10nm

Não podemos negar a alavancada da AMD nos últimos anos no que diz respeito ao mercado de CPUs, APUs e GPUs, incomodando (e muito) a confortável liderança da Intel nas CPUs e da NVIDIA nas GPUs. A empresa fez direitinho seu dever de casa e está de volta à briga. As arquiteturas NAVI para GPUs e ZEN para CPUs / APUs utilizando a tecnologia de construção de 7 nm entrega aos consumidores bom preço alinhado com excelente desempenho e consumo de energia. E infelizmente para a Intel, a tecnologia dos 7 nm continua distante, lançando produtos ainda na litografia dos 14 nm e atrasando o lançamento dos próximos processadores para desktops de 10 nm, para o ano de 2022. O que nos leva a crer que a Intel está tendo problemas para dominar a tecnologia.

08/07/2019 às 12:11
Notícia

Processadores Ryzen 3000 aquecem a competição com Intel

AMD lançou nesse domingo suas novas CPUs para usuários domésticos

Neste cenário, a gigante sul-coreana Samsung anunciou que recebeu da Intel uma encomenda para a produção do que ela citou como 'PC CPU', algo bastante vago para nós, mas que pode incluir diferentes tipos de chips denominados como 'S', 'H', 'U' e 'Y' (desktop, notebook, ultrabook e ultra low-power, respectivamente). O contrato abrangeria não apenas o 'atual' processo de 14 nm, mas também litografias de 10 nm e menores. Além da fabricação, estaria também incluso no contrato etapas importantes na fabricação dos chips, como os processos de bumping e empacotamento dos dies nas CPUs.

Seria a primeira vez na história da Intel que ela contrataria outra fábrica para produzir sua linha principal de produtos, os processadores. Algo para muito improvável de acontecer por causa dos rígidos padrões exigidos pela Intel na produção dos seus processadores. Vale lembrar que na época da arquitetura Sandy Bridge, os consumidores tinham a impressão de que haviam diferenças nas CPUs fabricadas na Costa Rica, comparadas aos demais processadores produzidos no resto do mundo. No passado, a Intel já encomendou a produção de chips menores às outras fabricantes, como foi o caso da produção da chips controladores ponte sul (southbridge) para placas-mãe.

Chipset da Intel

Outro fato que reforça ainda mais o 'boato' da Samsung são os atrasos da Intel na entrega de seus processadores a seus parceiros de negócios. Michelle Johnston Holthaus, vice-presidente executiva de vendas, marketing e comunicações da empresa escreveu uma carta aberta, direcionada aos parceiros, pedindo desculpas por não corrigir os problemas de fornecimento e alertando sobre uma possível falha em atender à demanda de CPUs para o trimeste atual e o próximo. Disse ainda que entrarão em contato com outros fabricantes de semicondutores para ajudá-los a atender todas as demandas. Fabricantes como a Dell acompanham de perto os acontecimentos e já fazem previsões bastante reduzidas nos negócios, culpando com toda segurança a Intel por isso.

"A expectativa é de que a Samsung se beneficie do rigoroso cronograma de produção da TSMC", disse Kim Yang-jae, analista da KTB Investment & Securities. "Mais pedidos de chips provavelmente virão da Intel e da Qualcomm no próximo ano".

A Intel está 'entre a cruz e a espada' no momento. O CAPEX (investimentos realizados em equipamentos e instalações de forma a manter a produção de um produto, ou manter em funcionamento um negócio) da empresa está limitado e ela teria 2 opções: Alocar recursos para expandir a capacidade de produção de suas próprias fábricas de 14 nm existentes para atender a demanda, deixando assim de investir na tecnologia de 7 nm e deixar a AMD com uma boa fatia de mercado. Ou investir os recursos na tecnologia de 7 nm, não entregar as encomendas atuais de 14 nm, que porventura, poderiam ser atendidas pela concorrente AMD, o que novamente daria à concorrente uma boa fatia do mercado. Porém contratar outras fabricantes para suprir a demanda seria uma terceira solução.

Contratar outras fabricantes para a produção de seus processadores poderia fazer com que a Intel concentre esforços (e recursos) para a construção de suas próprias fábricas para a tecnologia de 7 nm o mais rápido possível, sem gastar recursos nas atuais fábricas de 14 nm para suprir a atual demanda.

Contudo, a própria Intel desmentiu completamente a Samsung. Segundo a Intel: "A carta da semana passada diz que aumentaremos nosso uso de fábricas para que possamos construir mais CPUs na Intel. As notícias sobre o uso de fábricas de terceiros para CPUs são imprecisas".

Agora só nos resta esperar o capítulo final desta novela para sabermos o que realmente acontecerá. É estranho a Intel desmentir a Samsung no meio de tantos problemas internos que a empresa está passando. Recentemente ela perdeu Chris Hook e Heather Lennon, funcionários da equipe de marketing da GPU integrada, para a AMD, e há rumores de uma forte demissão em massa, números próximos a 10.000 funcionários são esperados.

Fonte: Adrenaline, Techpowerup, Tweaktown, Wccftech
User img

Jean Oliveira

Samsung Galaxy S11 terá câmera de 108MP, indica rumor

Samsung Galaxy S11 terá câmera de 108MP, indica rumor

Vazamento também menciona teleobjetiva com zoom de 5x


Dispositivos com chips de 3nm fabricados pela TSMC devem chegar no final de 2022

Dispositivos com chips de 3nm fabricados pela TSMC devem chegar no final de 2022

Segundo a empresa, os novos chips estarão prontos um ano antes do esperado


Qualcomm anuncia Snapdragon XR2 5G, chip voltado para VR com conexão de última geração

Qualcomm anuncia Snapdragon XR2 5G, chip voltado para VR com conexão de última geração

Esta é a primeira plataforma XR suportada por 5G do mundo


Qualcomm comenta chegada de suas novas plataformas 5G

Qualcomm comenta chegada de suas novas plataformas 5G

As novidades foram reveladas durante o evento Snapdragon Tech Summit 2019, que acontece no Havaí


Qualcomm: GPU Adreno 650 é o 'núcleo gráfico mais eficiente do mundo'

Qualcomm: GPU Adreno 650 é o 'núcleo gráfico mais eficiente do mundo'

A Qualcomm apresentou o Snapdragon 865 durante seu evento anual Snapdragon Summit