Fazendeiros começam usar óculos de realidade virtual em vacas
Créditos: Ministério de agricultura e comida da região de Moscou

Fazendeiros começam usar óculos de realidade virtual em vacas

O objetivo é deixar os animais mais calmos e aumentar a produção de leite

Fazendeiros de Moscou, na Rússia, começaram a utilizar óculos de Realidade Virtual (VR) em suas vacas. O objetivo principal era saber se elas ficariam mais calmas e se a prática aumentaria a sua produção de leite. Para isso, foram adaptados alguns óculos para a anatomia dos olhos dos animais, exibindo imagens relaxantes de campos belos e abertos, com cores que chamam a atenção.

Ainda é necessário muita pesquisa para concluir se de fato a realidade virtual pode ser usada para melhorar a qualidade de vida desses animais. O primeiro teste independente feito, mostrou que as vacas que utilizaram os óculos ficaram menos ansiosas, mas ainda não há nenhuma grande alteração na quantidade de leite produzido.

Apesar do primeiro teste ter funcionado, ele ainda está em um nível muito básico de pesquisa. É necessário mais informações sobre a prática nos animais, para depois de muitas análises concluir os reais efeitos a longo prazo. Esse estudo deve responder algumas perguntas que foram feitas aos fazendeiros e que ainda não houve uma resposta.

O primeiro questionamento é como fica o psicológico desses animais depois que o óculos é retirado. Essa confusão de ser transportada de um lugar belo e feliz para uma realidade dura e feia pode fazer com que elas fiquem perturbadas. Isso pode causar mais malefícios que benefícios, portanto não deve ser efetivo posteriormente.

Outro fator levantado é: não seria mais fácil deixar as vacas em campos mais abertos com pastagens mais abundantes? Isso substituiria o investimento em tecnologia de ponta para simular uma situação que poderia ser real. Retirar os animais do confinamento pode ser mais efetivo na produção de seu leite do que ficcionar um ambiente. 

Via: Engadget
User img

Ana Luiza Pedroso

Ana Luíza é técnica em informática formada pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e graduanda de Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Compõe o quadro de estagiários do Adrenaline e Mundo Conectado desde 2018, publicando notícias. Aprende muito todos os dias sobre o universo de hardware, games e tecnologia.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.