Campo de concentração da II Guerra Mundial é descoberto com drone e sensores LiDAR
Créditos: Smithsonian Channel

Campo de concentração da II Guerra Mundial é descoberto com drone e sensores LiDAR

O sistema integrado UAV LiDAR da Routescene foi essencial durante a pesquisa

A tecnologia LiDAR permite o mapeamento de áreas utilizando pulsos de laser. A distância é determinada medindo a diferença de tempo entre a emissão de um pulso e a detecção do sinal refletido, semelhante à tecnologia do radar. Ela pode ser aplicada em diferentes áreas: arqueologia, geografia, geologia, geomorfologia, sismologia, engenharia florestal, entre outras. Adaptando sensores LiDAR em drones podemos realizar mapeamentos em áreas cobertas por vegetação e realizar grandes descobertas.

Foto demonstrativa da tecnologia LiDAR

Desta vez, um drone com LiDAR conseguiu revelar um campo de concentração nazista da II Guerra Mundial. Fotos antigas de reconhecimento da RAF (Força Aérea Real) mostraram que, durante a guerra, existia um campo de prisioneiros em Alderney, nas Ilhas Anglo-Normandas, localizadas no canal da Mancha. Com o auxílio do drone, foi descoberto exatamente onde os destroços do campo estavam localizados.

O sistema e o software Routescene UAV LiDAR foi indispensável na pesquisa, cujo objetivo era localizar e recriar digitalmente o campo de concentração. A tecnologia LiDAR aparece como parte de um documentário de TV do canal Smithsonian. O programa 'Ilha Adolf' investiga o local coberto por vegetação. Durante a guerra e a ocupação alemã, um campo de concentração nazista foi construído na ilha. Há pouca informação a respeito dos 4.000 trabalhadores forçados a trabalhar e quantos podem estar enterrados no local.

No final de 2018, uma equipe da Universidade de Staffordshire, liderada pela Doutora Caroline Study Colls, professora de Arqueologia de Conflitos e Investigação de Genocídio, especialista em estudos do Holocausto, foram até a ilha e lá se encontraram com Michael May, representante a Routescene. Eles realizaram pesquisas aéreas com drones como parte da investigação.


Drone com tecnologia LiDAR: ideal para escaneamento de terrenos com vegetação densa e alta

A penetração em vegetação é um dos principais benefícios dos drones com a tecnologia LiDAR. Modelos digitais de terreno (DTMs) de alta resolução podem ser criados sem causar danos ao solo. Como a área agora está coberta de vegetação densa, o sistema LiDAR da Routescene montado em um drone da melhor maneira possível. Esses dados da nuvem de pontos poderiam então ser usados para gerar um modelo digital. Isso permite a identificação de estruturas do campo prisional que não podiam serem vistas a olho nu, por causa da vegetação rasteira. Drones equipados com sistemas LiDAR estão sendo cada vez mais utilizados em investigações arqueológicas, patrimoniais e forenses por suas diversas vantagens.

Mapeamento do terreno encontrado

A equipe tinha uma ideia da localização aproximada do campo, através de estudos feitos em fotografias de reconhecimento da RAF tiradas durante a 2ª Guerra Mundial e de registros de uma investigação da Comissão Alemã de Túmulos de Guerra em 1960. Eles também queriam ver se as pesquisas LiDAR poderiam descobrir outros túmulos desconhecidos.


Sobre o scanner utilizado

A Flythru usou o sistema UAV LiDAR da Routescene, que inclui o LidarPod e o software proprietário LidarViewer Pro. O LidarPod foi desenvolvido usando uma variedade de sensores criteriosamente selecionados, incluindo o scanner Velodyne HDL-32 LiDAR. Ele mede a altura da superfície do solo e outros recursos da paisagem usando pulsos de laser. Com uma taxa de varredura de até 1,4 milhão de pontos por segundo com 32 lasers diferentes escaneando uma área em 40 graus. Esse sensor foi escolhido especificamente por sua capacidade de penetrar na vegetação. Uma vez que a vegetação é removida digitalmente, gerando um modelo de terreno com alta precisão.

"Levaria semanas para pesquisar a área com meios convencionais e, devido à densa vegetação rasteira, não seria possível encontrar as estruturas a olho nu. Conseguimos pesquisar o local em apenas alguns voos de drones de 15 minutos" - Michael May, Routescene.


O processamento de dados

Os dados coletados foram processados no mesmo dia. Utilizando o software LidarViewer Pro, a equipe aplicou diversos filtros para processar os milhões de pontos de dados na nuvem de pontos. Utilizando novos recursos do software, foi possível remover todos os pontos não-terrestres e deixar o terreno vazio. Esse processo tornou os artefatos e estruturas restantes no campo claramente visíveis.

"Estamos muito satisfeitos em ver o software LidarPod e LidarViewer sendo usado em pesquisas tão importantes. Ser capaz de analisar e interpretar os resultados, enquanto todos os especialistas estão disponíveis no local, obviamente acelera os projetos de forma incremental" - Gert Riemersma, fundador e CTO da Routescene.

As informações coletadas foram combinadas para produzir um modelo de terreno 3D. O modelo revelou traços de materiais sepulcros em três locais significativos. Quando intercalado com os dados da pesquisa coletados pelo reconhecimento anterior da RAF, o professor Sturdy Colls identificou novos locais com alta probabilidade de ter vários túmulos.

"As pesquisas de drones realizadas pela Flythru usando LiDAR e fotogrametria nos ajudaram enormemente em nossa pesquisa. Encontramos elementos estruturais do acampamento que estavam simplesmente escondidos na densa vegetação e não podíamos ver" - Dra. Sturdy Colls, Universidade Staffordshire.

 

Fonte: dronedj
User img

Jean Oliveira

MAVLab leva o prêmio de US$1 milhão na primeira temporada do Drone Racing League

MAVLab leva o prêmio de US$1 milhão na primeira temporada do Drone Racing League

Essa foi a primeira temporada da corrida de drones pilotadas apenas com Inteligência Artificial


Drone Ubsan Zino 2 grava em 4K60fps, tem gimbal de 3 eixos e voa por 33 minutos custando menos de US$500

Drone Ubsan Zino 2 grava em 4K60fps, tem gimbal de 3 eixos e voa por 33 minutos custando menos de US$500

Aeronave tem bateria de 3800mAh e pode ficar até 6km de distância sem perder conexão


Transportadora IAG Cargo testa drones autônomos para logística

Transportadora IAG Cargo testa drones autônomos para logística

Empresa obteve sucesso em armazéns na Espanha e pretende expandir uso da tecnologia


Intel apresenta o RealSense L515, menor câmera Lidar do mundo

Intel apresenta o RealSense L515, menor câmera Lidar do mundo

Aparelho é compacto e capricha na eficiência, segundo a fabricante


Vídeo mostra peixe saltando para tentar derrubar drone DJI Mavic Pro

Vídeo mostra peixe saltando para tentar derrubar drone DJI Mavic Pro

Espécie Aruanã consegue saltar até 2 metros para pegar comida... ou capturar gadgets tecnológicos