Huawei P40 e P40 Pro terão lançamento global em 2020 [Rumor]
Créditos: Óscar Gutiérrez/CNET

Huawei P40 e P40 Pro terão lançamento global em 2020 [Rumor]

Eles poderiam ser lançados mesmo com o embargo comercial imposto pelos Estados Unidos

A Huawei lançou os smartphones Mate 30 e Mate 30 Pro em setembro. Estes aparelhos não foram lançados fora da China e não incluem os Google Mobile Services (GMS) por causa do embargo comercial imposto pelos Estados Unidos. Agora parece que a situação pode mudar um pouco, já que de acordo com relatos do The Information, a Huawei está aparentemente se preparando para o lançamento global dos smartphones Huawei P40 e P40 Pro em 2020.

Normalmente os smartphones com Android na China não incluem aplicativos desenvolvidos pelo Google. No entanto, o cenário é bem diferente fora da China, uma vez que todos os dispositivos com Android incluem os GMS.

18/11/2019 às 17:26
Notícia

EUA concedem à Huawei nova licença extendida de 90 dias

É a terceira licença concedida pelo Departamento de Comércio norte-americano

Pela terceira vez o governo norte-americano concedeu uma nova licença temporária de 90 dias para que a Huawei possa realizar seus negócios com as empresas dos EUA, mas com algumas restrições. A empresa ainda não recebeu um sinal verde sobre o fornecimento de seus futuros smartphones Android com GMS.

Outra coisa que a Huawei pode fazer é lançar globalmente o P40 e o P40 Pro com seus próprios Huawei Mobile Services (HMS) como uma alternativa aos GMS. O problema é que os HMS não incluem acesso ao Gmail, Google Photos, Google Drive e outros serviços do Google. A Huawei pode desenvolver seus próprios aplicativos ou pode fechar parcerias com empresas terceiras para criar aplicativos que possam funcionar de forma semelhante aos do Google.

Huawei lançou globalmente o smartphone Honor 9X após o embargo comercial imposto pelos EUA entrar em vigor. O dispositivo inclui os GMS. Isto foi possível porque a empresa basicamente rebatizou o atual Huawei P Smart Z como Honor 9X. O P Smart Z havia sido lançado antes da imposição do embargo comercial.

Quando o Google certifica um dispositivo para suportar o GMS, a licença é anexada ao provedor de serviços e ao número do modelo do dispositivo para uma determinada região. A certificação exige que o dispositivo passe por etapas como Mobile Application Distribution Agreement (MADA), Android Compatibility Test Suite (CTS), Google Mobile Services Test Suite (GTS) e Vendor Test Suite (VTS). O Google está mais interessado em saber se o hardware e o software dos dispositivos atendem aos requisitos dos GMS. Isso significa que os fabricantes de smartphones podem alterar os componentes de hardware que são testados durante o licenciamento para GMS sem notificar o Google. Estes dispositivos também podem ter um design exterior diferente.

Este tipo de estratégia permitiu que a Huawei usasse a licença atribuída ao P Smart Z para o Honor 9X. Assim, a empresa poderia lançar o Honor 9X com uma aparência e especificações diferentes do P Smart Z com GMS. Os dois aparelhos possuem especificações quase idênticas, sendo que a diferença está nas câmeras traseiras do Honor 9X – que são melhores que as do P Smart Z.

A Huawei pode adotar a mesma estratégia para o lançamento global dos smartphones Huawei P40 e P40 Pro. Se o embargo comercial continuar, a empresa chinesa seria capaz de obter licenças GMS para os aparelhos da linha P40. Neste caso ela poderia usar a licença GMS dos smartphones Huawei P30 e P30 Pro para lançar novos aparelhos no mercado global como Huawei P40 e P40 Pro, e com os aplicativos do Google instalados.

Continua após a publicidade
Fonte: Gzmochina, The Information
User img

Fabio Rosolen

Testamos o ROG Phone 3!

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.