Cientistas planejam utilizar montanhas para gerar eletricidade
Créditos: Busy.org/Reprodução

Cientistas planejam utilizar montanhas para gerar eletricidade

Fluxo de ar e sistema de pressão garantem o funcionamento da tecnologia desenvolvida

Pesquisadores da Alacaes, empresa especializada em energia renovável, estão desenvolvendo um método curioso de conseguir energia elétrica para quando o vento não está forte o suficiente para energia eólica e nem o sol aparece para as placas solares. É utilizando grandes montanhas que os cientistas querem gerar eletricidade e fazer o armazenamento para momentos cruciais em que há falta de energia.

Segundo conta Giw Zanganeh ao Cold Fusion, o que está sendo pensado tem baixo custo e alta eficiência. O modo como funciona é realmente curioso, neste vídeo é explicado como uma montanha pode ser utilizada para gerar energia elétrica. O que gera a energia elétrica é o fluxo de ar recebido em uma instalação feita no interior de uma montanha, um sistema de pressão consegue fazer com que a entrada e saída do ar armazenado resulte em energia elétrica. Os especialistas da empresa afirmam que há 72% de eficiência nesse armazenamento.

Microsoft usa Inteligência Artificial para
diagnosticar câncer cervical mais rápido na Índia

É claro que esse tipo de tecnologia fica limitada a lugares com regiões montanhosas, mas como não são incomuns, isso acaba sendo possível em diversos cantos do mundo inteiro. Segundo o Cold Fusion, Índia e China são dois países propensos à utilização de montanhas para gerar energia elétrica. Os dois países também fazem maiores investimentos em energia renovável, a Índia, por exemplo, espera que 60% da energia fornecida em seu país venha de algum fonte não-fóssil. A China é, atualmente, a líder mundial em energia renovável, superando países da Europa e América do Norte.

Segundo a explicação de Zanganeh, a utilização de montanhas segue um princípio semelhante ao de um botijão de gás, que armazena o gás e suporta determinada pressão. Com as montanhas, é possível fazer isso com o ar em uma escala muito maior, permitindo gerar alta quantidade de eletricidade.

Fonte: BigThink, Cold Fusion
Presente de Natal? Asteroide gigantesco passará perto da Terra dia 26 de dezembro

Presente de Natal? Asteroide gigantesco passará perto da Terra dia 26 de dezembro

Chamado de 2000 CH59, o corpo celeste é maior que o Empire State Building


Um em cada quatro jovens possui relação problemática com smartphones

Um em cada quatro jovens possui relação problemática com smartphones

Segundo estudo, uso excessivo pode acarretar em problemas como depressão e ansiedade


Cientistas instalam alto-falantes no fundo do mar para repopular recifes danificados

Cientistas instalam alto-falantes no fundo do mar para repopular recifes danificados

A pesquisa mostrou que os sons saudáveis podem atrair peixes jovens


Pesquisadores utilizam drones para monitorar mamíferos ameaçados de extinção

Pesquisadores utilizam drones para monitorar mamíferos ameaçados de extinção

O grupo AWC na Austrália conta com a ajuda de uma aeronave da DJI equipada com uma câmera termográfica


Drone marítimo da Saildrone é movido a energia solar e ajuda a estudar oceanos

Drone marítimo da Saildrone é movido a energia solar e ajuda a estudar oceanos

Embarcação já chegou a navegar por 196 dias seguidos coletando dados na Antártica