Navegador Opera 65 traz proteção contra rastreamento na Web melhorada
Créditos: Opera Software

Navegador Opera 65 traz proteção contra rastreamento na Web melhorada

Versão 65 também introduz uma barra de endereços redesenhada e outras novidades

A Opera Software anunciou nesta semana a disponibilidade do navegador Opera 65. Esta versão traz novidades como proteção contra rastreamento na Web melhorada, barra de endereços redesenhada e um novo visual para as áreas Histórico e Favoritos.

23/10/2019 às 13:30
Notícia

Mozilla lança o Firefox 70 com mais opções de segurança e pri...

Navegador busca se diferenciar do Chrome investindo em funcionalidades para proteger o usuário

Ao longo de um dia de navegação na Web, você normalmente se depara com centenas de rastreadores invisíveis para você que coletam informações e rastreiam seu comportamento online. Em alguns casos isto pode ser útil para você, já que alguns rastreadores usam as informações para personalizar sua experiência de navegação em um site específico.

O problema é que existem muitos rastreadores invisíveis online que podem estar coletando suas informações pessoais para depois repassá-las para anunciantes, por exemplo. Com a proteção contra rastreamento na Web melhorada no Opera 65, você agora terá mais controle sobre isso.

A proteção contra rastreamento, que foi introduzida originalmente na versão 64 do navegador, pode ser habilitada facilmente nas opções do navegador ou no menu de configuração rápida.

Com a proteção habilitada, você verá um pequeno ícone de um escudo exibido na barra de endereços. Se você clicar neste ícone, será possível ver o número de rastreadores sendo bloqueados, bem como uma lista com destes rastreadores. Este recurso também pode ser ativado ou desativado individualmente para cada site visitado.

Navegador Opera 65 traz proteção contra rastreamento na Web melhorada

A proteção contra rastreamento na Web do navegador faz uso da lista EasyPrivacy Tracking Protection List. O recurso tem uma lista com scripts rastreadores conhecidos e os bloqueia. Uma vez ligado, o bloqueador de rastreadores pode acelerar o carregamento da página em cerca de 20% ou em até 76% quando usado em conjunto com o bloqueador de anúncios nativo, de acordo com dados da Opera Software. Ele também aumenta o seu nível de privacidade na Web.

Outra novidade introduzida no navegador Opera 65 é sua barra de endereços redesenhada. Ao usar a barra de endereços na nova versão, a página web que está sendo usada atualmente é escurecida, fornecendo clareza visual durante a pesquisa.

O layout do menu também foi modificado - os títulos dos sites agora são exibidos primeiro, seguidos pelos hiperlinks, fornecendo uma visão mais limpa das sugestões do histórico de navegação, Favoritos e elementos do Speed dial.

Os sites também agora aparecem com seus logos, tornando-os mais distinguíveis, e você pode acessar rapidamente qualquer site visitado anteriormente digitando uma palavra-chave. Todas essas alterações permitem um acesso mais fácil ao conteúdo e fornecem uma experiência de navegação mais rápida.

Navegador Opera 65 traz proteção contra rastreamento na Web melhorada

O painel de Favoritos recebeu um novo layout na versão 65 do Opera com base nas sugestões e críticas dos usuários. Um clique no ícone do coração na barra lateral exibe o novo painel de Favoritos, que possui um layout mais simples do que o do Gerenciador de Favoritos. Neste painel você pode visualizar, editar e editar seus sites Favoritos rapidamente.

Navegador Opera 65 traz proteção contra rastreamento na Web melhorada

Os usuários interessados podem fazer o download do navegador Opera 65 aqui. Ele está disponível para Windows e outras plataformas.

Fonte: Engadget, Opera Software
User img

Fabio Rosolen

O Brasil é o quinto pior país em infrações na coleta de dados biométricos

O Brasil é o quinto pior país em infrações na coleta de dados biométricos

Estudo investiga a coleta de informações em 50 países ao redor do mundo


Google Photos agora suporta o envio de mensagens

Google Photos agora suporta o envio de mensagens

O novo recurso começou a ser disponibilizado hoje nos aplicativos para iOS, Android e na versão Web


Mozilla expande testes beta da sua VPN Firefox Private Network

Mozilla expande testes beta da sua VPN Firefox Private Network

Recurso criptografa conexões com o Firefox e terá versão mais completa por US$ 5 ao mês


Mark Zuckerberg não vai impedir anúncios pagos por políticos no Facebook

Mark Zuckerberg não vai impedir anúncios pagos por políticos no Facebook

Prática favorece circulação de notícias falsas durante campanhas eleitorais


Angela Merkel defende instalações de tecnologias 5G da Huawei na Europa

Angela Merkel defende instalações de tecnologias 5G da Huawei na Europa

Alguns legisladores não querem incluir a empresa chinesa como prestadora de serviço