Uber sobrevive mesmo com prejuízo de U$1,2 bilhão, mas como?
Créditos: Getty Images

Uber sobrevive mesmo com prejuízo de U$1,2 bilhão, mas como?

Para especialistas, os problemas só devem aumentar e a solução não parece simples

No último relatório da Uber ficou evidente que a empresa não tem lucro, foram registrados U$1,2 bilhão a serem acertados com investidores, empréstimos e prestadores de serviço, mesmo com a receita da empresa subindo em 30% e atingindo U$3,8 bilhões. Com isso, fica a pergunta no ar, como a empresa consegue se sustentar fechando a conta em um negativo histórico?

Uma reportagem recentemente compartilhada pela BBC conta que a empresa que começou com o aplicativo de transporte urbano há 10 anos tem investidores esperando pacientemente que haja um retorno de investimento. Para começar a dar lucro, a empresa pode demorar mais um bom tempo, segundo especialistas.

Adam Leshinsky, autor do livro Wild Ride: Inside Uber's Quest fo World Domination, que conta os passos dados pela Uber para conseguir a "dominação mundial", diz que o grande forte da empresa é seu tamanho gigantesco e como o seu serviço é fácil de ser utilizado. Ele também comenta que, apesar disso, com o tempo as tecnologias da empresa ficam disponíveis a mais pessoas, inclusive empresas de táxi, o que diminui a vantagem competitiva de mercado dela.

Uber: aplicativo vai incluir
rotas de ônibus em São Paulo

Para o especialista, a Uber tem uma alternativa para sair do prejuízo, aumentar os preços de seus serviços. Mas essa é uma situação delicada, a companhia vive uma briga de preços agressiva com seus concorrentes como a Lyft nos Estados Unidos e até mesmo outros apps ao redor do mundo como o 99 POP aqui no Brasil. Preço baixo foi o que garantiu uma base de clientes grande, mas não quer dizer que será sempre assim, o tempo de subsidiar viagens pode acabar em breve. O prejuízo pode ser uma escolha com prazo para acabar.

Problemas trabalhistas também são constantes, na Califórnia, uma lei foi aprovada exigindo que a empresa trate os motoristas como funcionários e o que pode dar força para leis em outras regiões. Além disso, há ainda a grande divisão entre serviços e as complexidades administrativas disso, como Uber Eats, que chega a representar até 17% da renda.

Fonte: BBC

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Skydio começa expansão e fecha parceria para distribuir seus drones no Japão e Ásia

Skydio começa expansão e fecha parceria para distribuir seus drones no Japão e Ásia

O objetivo das empresas é acelerar o desenvolvimento do mercado de drones industriais na região


Samsung promove testes para lançar Bixby em português do Brasil

Samsung promove testes para lançar Bixby em português do Brasil

Assistente virtual já está disponível no idioma em versão beta para donos do Galaxy S10


Motorola Razr agora tem uma nova data de lançamento: dia 6 de fevereiro

Motorola Razr agora tem uma nova data de lançamento: dia 6 de fevereiro

Depois de ser adiado, celular dobrável chega às prateleiras pela Verizon no mês que vem


Crowdfunding para o MNT Reform, notebook 100% open-source, deve começar em fevereiro

Crowdfunding para o MNT Reform, notebook 100% open-source, deve começar em fevereiro

O computador é fabricado completamente através de materiais de código aberto


Engenheiro cria super câmera que pode tirar fotos até de neurônios funcionando

Engenheiro cria super câmera que pode tirar fotos até de neurônios funcionando

Dispositivo também consegue capturar imagem de objetos transparentes