SpaceX lança ao espaço 60 satélites Starlink para oferecer internet espacial
Créditos: TweakTown

SpaceX lança ao espaço 60 satélites Starlink para oferecer internet espacial

Projeto de internet global da empresa vai precisar de 12 mil satélites em órbita

No início desta semana a SpaceX lançou ao espaço o foguete Falcon 9, que levou consigo 60 mini satélites Starlink para oferecer cobertura de internet global. Os satélites fazem parte da sua iniciativa de criar uma rede de internet espacial, projeto que vai precisar de 12 mil satélites Starlink, segundo a empresa. Até agora, só faltam 11.940 para completar a missão.

30/09/2019 às 10:29
Notícia

Elon Musk planeja colocar a espaçonave SpaceX Starship em órb...

Primeiros testes de lançamento devem ocorrer daqui 2 meses, segundo empresário

Os satélites fazem parte do projeto Starlink criado pela SpaceX , que consiste basicamente em um grupo de satélites para, eventualmente, fornecer internet rápida em praticamente qualquer lugar do mundo. A presidente da SpaceX, Gwynne Shotwell, disse que espera começar a oferecer serviços de internet aos clientes em metade de 2020. Mas antes da SpaceX começar a conectar os clientes, é necessário fazer testes e obter licença para a internet global, algo que a empresa já vem fazendo há um tempo.

Confira abaixo o vídeo de lançamento do foguete Falcon 9 que levou os 60 satélites Starlink ao espaço. Como de costume, o lançamento foi transmitido ao vivo pela SpaceX.

A empresa obteve aprovação da Federal Communications Commission para lançar 12.000 satélites como parte do projeto Starlink. Além disso, foi solicitado acesso a um espectro de mais de 30.000 satélites Starlink, aumentando o número de satélites do projeto para 42.000 satélites no total. Ainda não sabemos se 42 mil satélites da Starlink ficarão em órbita no espaço. 

A SpaceX lançou os primeiros 60 satélites Starlink no início desse ano, mas após um tempo perdeu contato com três deles e alguns astrônomos mostraram preocupações de que o brilho dos satélites pudesse interferir nas observações científicas. Após a reação, o CEO da SpaceX, Elon Musk, disse no Twitter que seria possível "ajustar a orientação por satélite para minimizar a reflexão solar durante experimentos astronômicos críticos".

Via: Tweak Town, The Verge

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

É oficial: Príncipe da Arábia Saudita hackeou o telefone do CEO da Amazon, Jeff Bezos

É oficial: Príncipe da Arábia Saudita hackeou o telefone do CEO da Amazon, Jeff Bezos

Um relatório da empresa de segurança forense FTI Consulting confirmou o caso


Galaxy Fold tem todas as unidades vendidas no Brasil nas primeiras 24 horas

Galaxy Fold tem todas as unidades vendidas no Brasil nas primeiras 24 horas

O dispositivo é o primeiro smartphone dobrável vendido no Brasil pelo preço de R$12.999


Google ajuda Janelia Research Campus em novo marco no mapeamento de neurônios

Google ajuda Janelia Research Campus em novo marco no mapeamento de neurônios

Modelo com 25.000 neurônios de uma mosca é o maior e mais completo já feito


Estes são os Galaxy S20! Confira imagens oficiais e preços dos novos topo de linha da Samsung

Estes são os Galaxy S20! Confira imagens oficiais e preços dos novos topo de linha da Samsung

O Galaxy S20 Ultra 5G pode ser o smartphone mais caro de toda a linha S no lançamento


Nova versão de testes do navegador Safari não suporta o Adobe Flash Player

Nova versão de testes do navegador Safari não suporta o Adobe Flash Player

Plugin da Adobe será descontinuado no final de 2020