NASA exibe avião elétrico experimental Maxwell X-57
Créditos: NASA

NASA exibe avião elétrico experimental Maxwell X-57

Agência espacial dos EUA exibiu versão inicial da aeronave junto de novo simulador

A NASA revelou o seu novo avião elétrico experimental Maxwell X-57, que foi apresentado através de um protótipo físico inicial, junto de um novo simulador que irá permitir aos pilotos vivenciarem a experiência de controlar a novidade. A versão que foi exibida está localizada no centro de pesquisa Armstrong Flight Research Center da agência espacial dos EUA, que fica na cidade de Edwards, no estado da Califórnia.

08/11/2019 às 12:21
Notícia

Cientistas desenvolvem novas baterias para armazenamento de e...

Novas baterias usam membranas de AquaPIM

Esse modelo é o primeiro de três configurações diferentes que serão produzidas, ficando conhecido como Modification II (ou Mod II). A versão exibida do Maxwell X-57 substitui o seu motor a combustão tradicional por motores de cruzeiro elétricos, que são mais silenciosos e eficientes — além de serem mais sustentáveis.

Site oficial: NASA Maxwell X-57

O Maxwell X-57 Mod II possui 14 motores elétricos impulsionados por baterias de íons de lítio. De acordo com o gerente de projetos da NASA, Brent Cobleigh, a agência do governo dos EUA está buscando criar algo que irá ajudar toda a indústria, e não apenas uma única companhia. O objetivo da equipe envolvida no projeto é de conseguir colocar o avião elétrico no ar até o final de 2020.

A expectativa é de que, no futuro, serão lançadas novas iterações da aeronave, que se chamarão Mods III e Mods IV. As novas fases de desenvolvimento do Maxwell X-57 já estão em testes e deverão trazer componentes mais ousados, como asas mais largas e de proporções incomuns.

Segundo o site Digital Trends, o objetivo da equipe da NASA é criar uma tecnologia inovadora que seja adotada por um grande número de fabricantes de aviões comerciais. Com isso, seria possível tornar a indústria da aviação mais sustentável e eficiente.

No momento, o grande desafio do Maxwell X-57 é a capacidade das suas baterias, que no momento são suficientes apenas para voos curtos. Mesmo assim, a promessa da NASA é de que os seus motores elétricos são mais compactos, mais silenciosos, mais leves e mais fáceis de manter do que motores tradicionais.

Continua após a publicidade
Via: Digital Trends
User img

Carlos Felipe

Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou parao PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.