Computador quântico da Google consegue feito incrível, mas não é
Créditos: ExtremeTech

Computador quântico da Google consegue feito incrível, mas não é "supremacia quântica"

Entenda porque empresa "queimou a largada" ao anunciar o feito de seu supercomputador Sycamore

Recentemente, Sycamore, supercomputador quântico da Google, foi capaz de realizar uma conta considerada impossível de ser resolvida por um sistema usando a tecnologia clássica de computação. Por isso, a empresa correu para anunciar a todos que conseguiu atingir a almejada "Supremacia Quântica", mas cientistas contestam o feito e afirmam que não é bem esse o caso.

23/10/2019 às 16:23
Notícia

Computador quântico da Google supera supercomputadores clássi...

Empresa passou mais de 10 anos trabalhando na tecnologia

Para entender melhor o caso, é necessário explicar alguns conceitos, nem que seja de maneira simplificada. Para começar, a computação quântica ainda está em desenvolvimento e é considerada por muitos o futuro da computação. Colocando em termos bem resumidos, computadores quânticos são capazes de realizar contas gigantes ao considerarem variáveis ao mesmo tempo, não uma de cada vez. A informação pode ser mais de uma coisa ao mesmo tempo.

Se parece complexo, é porque é. Ainda estamos um tanto distantes de usar a tecnologia na prática, e daí vem o termo "Supremacia Quântica", momento em que os computadores quânticos vão conseguir realizar tarefas que um supercomputador tradicional não conseguiria.

O Sycamore, da Google, de fato conseguiu realizar uma operação que levaria 10.000 anos para um supercomputador "normal" fazer, o que ocasionou na declaração da empresa de ser a primeira a atingir a tal supremacia. Mas, como Elizabeth Gibney explica no vídeo abaixo, algumas ressalvas precisam ser feitas nessa declaração.

O caso é que o Sycamore conseguiu realizar uma operação que foi imaginada especialmente para que o sistema conseguisse realizá-la. Ela não é exatamente útil e parece ter sido desenhada justamente para poder declarar a supremacia quântica.

Dario Gil, chefe de pesquisa na IBM, fez exatamente a mesma contestação, declarando que a supremacia só poderá ser declarada quando um computador quântico for capaz de resolver operações úteis, que mostrem o potencial desses computadores sendo usados no futuro.

Ainda assim, o Sycamore foi capaz de resolver uma operação que levaria mais de 10.000 anos para ser resolvida na computação atual, então o grande feito da Google ainda merece seu destaque e mostra que a computação quântica não para de avançar.

Fonte: TweakTown
User img

João Gabriel Nogueira

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Mercado de computadores teve primeiro crescimento anual completo em 8 anos

Mercado de computadores teve primeiro crescimento anual completo em 8 anos

Lenovo, HP e Dell somaram dois terços dos 268,1 milhões de envios feitos em 2019


YouTube melhora proteção da privacidade das crianças

YouTube melhora proteção da privacidade das crianças

Mudanças anunciadas em setembro passado já começaram a ser implementadas


CEO da Google propõe regular inteligência artificial

CEO da Google propõe regular inteligência artificial "de forma sensata"

Executivo destacou que a tecnologia sempre possui partes boas e ruins


Microsoft está tentando resolver problema de alto consumo de RAM e bateria do Chrome

Microsoft está tentando resolver problema de alto consumo de RAM e bateria do Chrome

A preocupação da companhia pode ter bastante relação com o seu próprio navegador Edge


Huawei vai usar base de mapas da TomTom em seus celulares

Huawei vai usar base de mapas da TomTom em seus celulares

O acordo foi fechado algum um tempo atrás, mas só agora ele foi revelado publicamente