Proteção contra Violações no Windows 10 agora vem habilitada por padrão

Proteção contra Violações no Windows 10 agora vem habilitada por padrão

Opção foi introduzida no Windows 10 v1903, que foi lançado em maio deste ano

A Microsoft anunciou recentemente que a opção Proteção contra Violações no Windows 10 agora vem habilitada por padrão em todas as edições suportadas do sistema operacional.

Esta opção foi introduzida no Windows 10 v1903 em maio deste ano. Quando habilitada, ela impede que as opções de segurança do Windows 10 sejam modificadas por terceiros sem o consentimento do usuário.

Se a opção estiver habilitada e você tiver privilégios administrativos, ainda será possível alterar as opções de segurança normalmente. Já os outros aplicativos não poderão alterar essas configurações.

É importante destacar que a opção Proteção contra Violações no Windows 10 não afeta como os softwares antivírus de terceiros funcionam ou como eles registram suas informações no aplicativo Segurança do Windows:

A Proteção contra Violações é importante principalmente para impedir que certos malwares desativem o Windows Defender e outros recursos de segurança do Windows 10.

Por exemplo, malwares como os trojans TrickBot, GootKit e Nodersok possuem diversas funções visando especificamente desativar o antivírus Windows Defender do Windows 10.

Malwares como os trojans TrickBot, GootKit e Nodersok possuem diversas funções visando especificamente desativar o antivírus Windows Defender do Windows 10

Se a opção Proteção contra Violações estiver desativada e o computador for infectado por um destes malwares, será possível desativar o antivírus do sistema operacional sem maiores problemas.

Com a opção habilitada, as tentativas para desativar o Windows Defender ou até mesmo o aplicativo Segurança do Windows falharão.

Você pode conferir se a opção está ou não habilitada acessando o aplicativo Segurança do Windows a partir do seu ícone na área de notificação e clicando no link destacado abaixo:

Em ambientes corporativos, os administradores podem gerenciar esta opção usando o mesmo método mencionado acima ou podem usar a plataforma Microsoft Intune.

Por exemplo, os administradores podem habilitar a opção para todos os computadores na empresa, para computadores de um certo tipo ou para grupos de usuários:

Neste caso, se o usuário no computador gerenciado pelo Intune tentar acessar a opção, ele verá uma mensagem alertando que a Proteção contra Violações é gerenciada pelo Administrador.

As alterações feitas a partir do Intune são assinadas digitalmente para garantir sua autenticidade.

Fonte: Bleeping Computer
User img

Fabio Rosolen

TUTORIAL: Veja como atualizar do Windows 7 para o Windows 10 gratuitamente!

TUTORIAL: Veja como atualizar do Windows 7 para o Windows 10 gratuitamente!

Mostramos num rápido vídeo como é simples de fazer para não deixar mais dúvidas!


Microsoft HoloLens 2 começa ser vendido hoje por US$ 3.500

Microsoft HoloLens 2 começa ser vendido hoje por US$ 3.500

Ele também já está sendo enviado para quem comprou na pré-venda


Update do Windows 10 v1809 gera problemas no MS Defender ATP - Veja como resolver

Update do Windows 10 v1809 gera problemas no MS Defender ATP - Veja como resolver

Problema ocorre após a instalação da atualização cumulativa identificada como KB4520062


Como criar uma mídia de instalação do Windows 10 usando o utilitário Rufus

Como criar uma mídia de instalação do Windows 10 usando o utilitário Rufus

Mídia de instalação pode ser um pendrive inicializável ou uma ISO


Anac vai rever regras para uso de drones no Brasil

Anac vai rever regras para uso de drones no Brasil

A agência abriu processo de tomada de subsídios para pessoas contribuírem com a revisão