IA do Google já consegue vencer 99,8% dos jogadores humanos em StarCraft 2
Créditos: Dextero

IA do Google já consegue vencer 99,8% dos jogadores humanos em StarCraft 2

A tecnologia desenvolvida pela DeepMind atingiu nível grão-mestre no jogo

A DeepMind, divisão da Google que possui projetos de inteligência artificial, treinou uma IA para aprender a jogar StarCraft 2, e parece que as horas investidas pelo robô no game surtiram efeito. Chamada de AlphaStar, a tecnologia atingiu o nível grão-mestre no jogo de estratégia em tempo real e já é capaz de bater 99,8% dos usuários humanos que enfrenta, segundo os desenvolvedores.

Os resultados, que serão publicados posteriormente na revista científica Nature, representam uma evolução na tecnologia, que foi imposta a cenários mais difíceis para aprender a ser uma oponente melhor contra os jogadores de carne e osso. O software consegue jogar com apenas três raças e também é limitada para registrar apenas 22 ações não duplicadas a cada cinco segundos, para ficar mais próxima dos humanos.

Mesmo com as limitações, a tecnologia da DeepMind continua impressionando e batendo jogadores durante os testes. A AlphaStar tem como principal alimento para sua rede neural estratégias e replays de jogadas, e entra nas partidas 1 contra 1 no modo online de maneira anônima, para evitar que os usuários descubram que estão duelando contra uma máquina. No final das contas, apenas 0,2% acabam superando as habilidades da tecnologia, que está evoluindo cada vez mais rápido em StarCraft 2.

Mais do que uma jogadora excepcional

Os resultados alcançados pela AlphaStar no jogo de estratégia desenvolvido pela Blizzard vão além de simplesmente mostrar que a tecnologia é boa durante o gameplay. Segundo o pessoal da DeepMind, os mesmos princípios utilizados na IA podem ser implementados em outras soluções, como programas para treinar carros autônomos, robôs e sistemas de reconhecimento de objetos.

Além da DeepMind estar utilizando jogos para avançar no campo da IA, a empresa OpenAI, que tem participação do empresário Elon Musk, também está conseguindo mostrar avanços usando games. A companhia possui uma inteligência artificial para Dota 2, que já conseguiu bater um jogador profissional e vencer equipes humanas sem muita dificuldade.

Via: Adrenaline
User img

Mateus Mognon

Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.