Essa “folha artificial” imita a fotossíntese para produzir combustível sintético limpo
Créditos: hypescience | Cotrisoja

Essa “folha artificial” imita a fotossíntese para produzir combustível sintético limpo

A "planta" utiliza luz solar e seria uma solução sustentável para fechar o ciclo global de carbono

Um grupo de pesquisa da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, desenvolveu uma inovadora "folha artificial" com o intuito de produzir combustível sintético verdadeiramente "limpo". A folha utiliza luz solar e imita o processo de fotossíntese das plantas para alcançar seu objetivo.

Os elementos necessários para o processo de fotossíntese da "plantinha" artificial são, em sua maioria, os já conhecidos: água, luz solar e dióxido de carbono. A diferença aqui é que ele também necessita de um catalisador de cobalto chamado perovskita. Como resultado, ela produz hidrogênio e monóxido de carbono, que são os componentes necessários para se obter o syngas (ou gás de síntese) -  utilizado em combustíveis, fertilizantes e medicamentos. Apesar da folha precisar de luz solar, o processo também consegue ser realizado em dias nublados.

"Você não está limitado a usar essa tecnologia apenas em países quentes, ou a operar o processo apenas durante os meses de verão. Você poderia usá-lo desde o amanhecer até o anoitecer, em qualquer lugar do mundo." - Virgil Andrei, químico da Universidade de Cambridge.

Esse combustível resultante é considerado "limpo", pois não libera qualquer dióxido de carbono no ar.  A maioria dos processos para obter combustível sintético envolve "sobras" de produtos à base de carvão ou petróleo - ou seja, não são neutros em carbono.

25/10/2019 às 13:40
Notícia

Inteligência artificial ajuda a identificar hemorragias cereb...

O algoritmo leva apenas um segundo para analisar exames e dar seu veredito

“Você pode não ter ouvido falar de combustível sintético, mas todos os dias consome produtos criados com ele. Ser capaz de produzi-lo de maneira sustentável seria um passo crítico para fechar o ciclo global de carbono e estabelecer uma indústria química e de combustíveis sustentável.” - Erwin Reinser, químico da Universidade de Cambridge.

Os membros da equipe dizem estar confiantes em seus catalisadores e combinações de materiais. Um artigo sobre essa pesquisa já está publicado na revista científica Nature Materials.

Via: hypescience, sciencealert
User img

Saori Almeida

Saori Almeida é natural do Rio Grande do Sul, técnica em administração formada pelo Centro Tecnológico de Caxias do Sul (CETEC) e estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Gosta da cultura asiática e nerd no geral e tem interesse crescente por tecnologia e games desde pequena - gosto que se intensifica diariamente na redação.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Polícia de Buxton tinge Blue Lagoon de preto para manter turistas em casa

Polícia de Buxton tinge Blue Lagoon de preto para manter turistas em casa

Local deve ficar menos atrativo para que pessoas sigam as instruções contra o COVID-19


Video mostra em 360º graus um laboratório de pesquisa contra o novo coronavírus

Video mostra em 360º graus um laboratório de pesquisa contra o novo coronavírus

Espaço na UFMG processa exames para tentar conter o aumento na demanda de hospitais públicos


Uso do forno micro-ondas pode atrapalhar sinal do Wi-Fi na sua casa

Uso do forno micro-ondas pode atrapalhar sinal do Wi-Fi na sua casa

Pesquisa realizada pela Ofcom mostra interferência de eletrodomésticos na sua internet


Metade das empresas de pequeno porte dos EUA tem dinheiro para sobreviver 27 dias paradas

Metade das empresas de pequeno porte dos EUA tem dinheiro para sobreviver 27 dias paradas

Pesquisa de 2015 mostra como o coronavírus pode impactar a maior economia do mundo


Supercomputador da IBM aponta 77 drogas que podem virar remédio contra o coronavírus

Supercomputador da IBM aponta 77 drogas que podem virar remédio contra o coronavírus

Summit ajuda cientistas a encontrarem uma resposta mais eficaz contra o COVID-19