Amazon, Wing e Uber oferecem principais serviços de entrega com drones dos EUA
Créditos: Wing/Reprodução

Amazon, Wing e Uber oferecem principais serviços de entrega com drones dos EUA

Conheça as características de cada aeronave utilizada

Wall Street Journal listou e explicou como funcionam os três principais serviços de entrega de produtos com drones dos Estados Unidos atualmente. Amazon, Wing e Uber são pioneiras e têm diferenças no design dos drones, altitude de voo, velocidade e outras. A UPS, empresa gigante de entregas por lá, também começou a fazer testes, mas não é citada.

DJI Mavic Mini: novas fotos e especificações
do drone que cabe na palma da mão

Desde 2016, a Amazon faz testes em Cambridge, Inglaterra, a empresa chegou a testar mais de 50000 conceitos de design para drones antes de chegar no modelo hexagonal utilizado agora. Com seis hélices, distribuídas com uma proteção ao redor do seu corpo, o drone tem decolagem vertical, mas pode ter seu ângulo mudado drasticamente sem perder equilíbrio quando está em alta velocidade.

Já o drone da Wing, empresa que tem a Google por trás, é o que mais chama atenção por seu design, tem 14 hélices ao total, duas delas de grande porte. Uma grande diferença desse drone também está na forma como ele atua, ao chegar no destino, ele lança o produto por uma corda, sem precisar pousar para fazer a entrega. A empresa trabalha com testes desde 2014, na Austrália, tendo concluído 80000 experimentos, segundo o Wall Street Journal. Para ajudar na inovação, uma parceria com a FedEx e a rede de farmácias Walgreens foi firmada, começando o serviço em Christiansburg, Virginia.

A Uber é a que tem o drone que faz entrega alçando voos mais altos, é capaz de atingir até 182 metros, enquanto o da Amazon fica na casa dos 122m e a Wing dos 60m. A aeronave da Uber também tem o menor tempo de entrega, isso devido ao raio de atendimento (5km), a promessa é oferecer entregas em até 7 minutos. Se formos levar em consideração aquela com o menor tempo real de entrega por velocidade e considerar o serviço por aplicativo, a da Wing venceria, ela alcança até 112km/h.

Aqui no Brasil, a iFood é uma das primeiras empresas a fazer testes de entrega com drones, fazendo uma rota a partir do shopping Iguatemi, em Campinas.

Via: DroneDJ Fonte: WSJ

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.