Rumor: Galaxy S11 poderá ter novo fornecedor do sensor ToF
Créditos: https://www.thesun.co.uk/tech/9737066/samsung-galaxy-s11-release-date-specs-price-leaks-rumours/

Rumor: Galaxy S11 poderá ter novo fornecedor do sensor ToF

Empresa poderá também fornecer o sensor para futura versão do iPhone

A gigante sul-coreana de tecnologia Samsung foi a pioneira em adotar o sensor ToF (Time of Flight, ou tempo de voo na tradução livre) em um smartphone no início deste ano. Sua principal função é capturar a profundidade dos objetos em uma cena, disparando feixes de luz infravermelha como um radar e medindo o tempo que leva para o retorno da luz.

Através deste funcionamento, é possível mapear uma cena em três dimensões em um instante. Com estas informações, diversos filtros e otimizações nas fotos e filmagens podem ser implementadas nos aparelhos, além de realizar medições em objetos somente apontando o smartphone para eles.

Com os fabricantes chegando ao limite nas melhorias da câmera de seus modelos de smartphones, o foco agora está mudando para a otimização do código de processamento com o uso das técnicas de rede neurais e machine learning (aprendizado de máquina). Apple e a ARM já estão trabalhando nestas implementações em seus chips. Eles atenderão a aplicativos de realidade aumentada e virtual e, nos sensores frontais, o ToF começará a ser um item indispensável em smartphones de última geração.

O Galaxy S10 5G da Samsung possui o sensor na parte frontal, permitindo que o dispositivo implemente o desfoque de fundo durante gravações de vídeo ou realizassem medições em objetos. Os fornecedores da Samsung fizeram um alto investimento na tecnologia. Tanto que resultou em um novo sensor a bordo da linha Galaxy Note 10. Agora, temos notícias sobre o fornecedor de ToF do Galaxy S11 e, se a informação for verdadeira, não será o mesmo fornecedor do Galaxy S10 5G.

O rumor aponta o nome da empresa chinesa Sunny Optical como a nova fornecedora do sensor ToF da Samsung, para a linha Galaxy S11. No entanto, os detalhes técnicos deste sensor ainda são um mistério. Como não foi a Sunny que forneceu o sensor para a linha Galaxy Note 10, acreditamos que a Samsung pode auxiliar na melhoria do sensor.

Essa possibilidade se deve ao fato de que a Sunny também entrega soluções customizadas para seus clientes. A empresa chinesa também é responsável pela configuração da câmera periscópica do Huawei P30 Pro e, segundo informações de Jeff Pu da GI Securities, a empresa também pode aparecer na lista de fornecedores da Apple para os futuros iPhones que serão lançados no ano de 2021. Já o Galaxy S11 deve ser lançado em 3 versões e possui zoom com capacidade de 10x sem perdas e utilizar memória RAM LPDDR5.

Fonte: Wccftech
User img

Jean Oliveira

Redmi Note 7S explode mas Xiaomi rebate dizendo que usuário forjou situação

Redmi Note 7S explode mas Xiaomi rebate dizendo que usuário forjou situação

Fato ocorreu com um cliente indiano que comprou o dispositivo na loja Flipkart


Xiaomi está construindo fábrica capaz de fazer 60 smartphones 5G por minuto

Xiaomi está construindo fábrica capaz de fazer 60 smartphones 5G por minuto

Empresa pretende lançar ao menos 10 smartphones com a tecnologia 5G em 2020


Super Charge Turbo de 100W da Xiaomi chega aos smartphones em 2020

Super Charge Turbo de 100W da Xiaomi chega aos smartphones em 2020

Tecnologia promete recarregar uma bateria de 4000mAh em apenas 17 minutos


Samsung Galaxy S11 aparece em órgão de certificação com 5G e carregamento de 25W

Samsung Galaxy S11 aparece em órgão de certificação com 5G e carregamento de 25W

Celular também deve chegar com câmera de 108MP e tela de 120Hz


Huawei Mate X: Conserto da tela dobrável custará o valor de um iPhone 11 Pro

Huawei Mate X: Conserto da tela dobrável custará o valor de um iPhone 11 Pro

Novo smartphone dobrável da Huawei começou a ser vendido no dia 16/11 na China