SpaceX quer oferecer internet com satélites até metade de 2020
Créditos: Pantip

SpaceX quer oferecer internet com satélites até metade de 2020

Notícia foi dada por Gwynne Shotwell, presidente da empresa

A SpaceX, através do seu projeto Starlink, espera oferecer internet via satélite a partir da metade de 2020 para clientes nos Estados Unidos. O fundador da Tesla Motors, Elon Musk, já demonstrou anteriormente que a utilização da rede funciona, mas que provavelmente outros problemas devem surgir ao longo da implementação.

Apesar de Musk ser o nome mais lembrado, o anúncio da data foi feito pelo presidente da SpaceX, Gwynne Shotwell, que contou à mídia que a Starlink oferecerá banda larga via satélite a partir de meados de 2020. A SpaceX ainda precisa colocar mais satélites no espaço, com seis a oito missões planejadas nos próximos meses até o funcionamento pleno do sistema.

Recentemente, a SpaceX assinou a papelada com a União Internacional de Telecomunicações, responsável pelo uso internacional da largura de banda global, para ter permissão de colocar em prática a iniciativa Starlink. Agora é questão de tempo para que o serviço possa ser oferecido, ficando limitado ao número de satélites em órbita e alguns aprimoramentos.

Sobre o preço, para quem quiser usufruir da internet da SpaceX, não há valores revelados, apenas a explicação de que será algo para fortalecer a empresa para que continue a trabalhar com tecnologia espacial. A ideia não é tornar este um produto carro-chefe da companhia. A empresa também está fazendo testes de serviços de internet com criptografia para aeronaves da Força Aérea dos Estados Unidos, o que mostra que a Starlink terá múltiplas funcionalidades.

SpaceX pede para ter acesso a um
espectro de mais de 30.000 satélites Starlink

A SpaceX está correndo para colocar a Starlink em pleno funcionamento, isso porque outras empresas estão querendo garantir o seu espaço. A Amazon, por exemplo, já pediu permissão da FCC para lançar 3236 satélites de internet através de um projeto que ela chama de Project Kuiper. Segundo a empresa, a ideia é oferecer internet para dezenas de milhões de pessoas ao redor do mundo.

Via: Engadget

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.