Huawei Mate X, smartphone dobrável da empresa, será lançado somente na China
Créditos: https://consumer.huawei.com/content/dam/huawei-cbg-site/common/mkt/pdp/phones/mate-x/v3/img/2x/Huawei-Mate-X-s1-img.png

Huawei Mate X, smartphone dobrável da empresa, será lançado somente na China

A empresa está cautelosa em lançar o aparelho em escala global no momento

Durante a Mobile World Congress deste ano, que aconteceu em Fevereiro na cidade de Barcelona, a Huawei exibiu inicialmente o Mate X e instantaneamente o aparelho se tornou o principal concorrente do Galaxy Fold da Samsung. Entretanto a abordagem do smartphone da Huawei é diferente, pois ele não abre como um pequeno livro. Ele possui uma tela externa que mesmo com o aparelho fechado ela é acessível.

A Huawei finalmente anunciou o lançamento do aparelho em um evento na cidade de Shenzhen, onde também anunciou que enviou 200 milhões de unidades até agora este ano. Ele estará disponível a partir de 15 de Novembro a partir de 16.999 yuanes (2.400 dólares).

“Nossa estratégia é baseada no lançamento de 5G das operadoras em diferentes regiões”, disse um porta-voz da Huawei por e-mail.

Por se tratar de um segmento de smartphone ainda em estágio inicial, a Huawei não deseja arriscar uma rejeição em escala global do novo aparelho, por isso a precaução de lançá-lo somente na China.

Basta lembrarmos que a gigante coreana (Samsung) foi forçada a adiar o lançamento do Galaxy Fold devido a problemas na sua tela dobrável após o seu anúncio, data de lançamento já marcada e vários influencers digitais fazendo suas análises nas principais redes sociais. Se a sua intenção era não comprar o Galaxy Fold em favor do Huawei Mate X, terá que aguardar um pouco mais. Os problemas que a Samsung teve e os atrasos seguintes das outras empresas, levantam questões sobre a durabilidade desses dispositivos que custam mais de 2.600 dólares, quase 3 vezes o preço de um iPhone 11 Pro.

Para os consumidores que realmente querem um Mate, este atraso pode ser vantajoso. A versão inicial do telefone incluirá o chip Kirin 980, com especificações semelhantes ao Mate 20 5G da empresa. Porém um modelo subsequente – o Mate Xs – que chegará em 2020 contará com especificações mais atuais, equipado com o chip Kirin 990 anunciado em Setembro deste ano e especificações equivalentes ao recém-lançado Mate 30.

"Por enquanto, a Huawei disponibilizará o Huawei Mate X somente no mercado chinês a partir do dia 15 de Novembro. Um plano global de lançamento está em análise."

Outro ponto para considerar sobre os novos aparelhos da Huawei, tanto o Mate 30 como o Mate X, é que ambos utilizarão uma versão open-source do Android, que não oferece todos os aplicativos e serviços do Google aos quais nós já nos familiarizamos. Resultado do bloqueio dos EUA à Huawei, que fez com que diversas companhias impusessem restrições aos produtos da fabricante.

Além desta vantagem tecnológica, é natural que com o aumento da concorrência com novos aparelhos dobráveis de outras marcas (Honor, Oppo e Motorola) chegando no mercado, os preços serão mais atrativos. Junto com a concorrência, a fabricação de componentes em maior escala e a popularização da tecnologia também são fatores que ajudarão futuramente na queda dos preços. Um alívio para quem deseja ter um smartphone de tela dobrável, mas não quer desembolsar aproximadamente 2.000 dólares para ter um agora.

Fonte: Cnet.com
User img

Jean Oliveira

DJI vai permitir que qualquer pessoa monitore seus drones nas proximidades

DJI vai permitir que qualquer pessoa monitore seus drones nas proximidades

Isso será possível através de um aplicativo planejado para ser lançado em 2020


Motorola Razr 2019

Motorola Razr 2019

Confira a ficha técnica


Realme 5s será lançado na semana que vem com quatro câmeras, a principal com 48MP

Realme 5s será lançado na semana que vem com quatro câmeras, a principal com 48MP

Smartphone chega dia 20 de novembro ao lado do Realm X2 Pro


Pixel 3 estão desligando sozinhos sem motivo aparente como o Nexus 6P

Pixel 3 estão desligando sozinhos sem motivo aparente como o Nexus 6P

Até o momento, ninguém sabe a explicação para o acontecimento


Relatório fiscal do terceiro trimestre da HTC continua registrando perdas

Relatório fiscal do terceiro trimestre da HTC continua registrando perdas

Apesar das quedas nas receitas, o trimestre tem sétimo crescimento consecutivo na margem bruta