Nvidia revela nova plataforma EGX de supercomputação para Edge AI
Créditos: Nvidia

Nvidia revela nova plataforma EGX de supercomputação para Edge AI

Processador irá impulsionar dispositivos de IoT e de 5G baseados em inteligência artificial

A Nvidia revelou sua nova plataforma de supercomputação EGX, que irá impulsionar a tecnologia de Edge AI em dispositivos dos segmentos de Internet das Coisas e de internet 5G. De acordo com a companhia, trata-se de uma plataforma de alto desempenho e com tecnologia em nuvem nativa, que é capaz de receber dados com baixa latência para exibi-los rapidamente para o usuário.

17/10/2019 às 23:47
Notícia

Especificações do Nvidia Shield TV 2019 são publicadas na int...

Aparelho deverá ter processador Tegra X1+ e suporte a Dolby Vision e Atmos

"Nós entramos uma nova era, onde bilhões de sensores de IoT sempre ativos serão conectados via 5G e processados por IA. A sua fundação exige uma nova classe de computadores atamente seguros e que podem ser operados facilmente em rede de uma longa distância".
Jensen Huang, fundador e CEO da Nvidia

A própria Nvidia já confirmou que firmou contratos com uma série de companhias para o uso do chip. Entre as empresas que servirão como early adopters estão Walmart, BMW, Procter & Gamble, Samsung Electronics e NTT East. Junto delas, as prefeituras das cidades de San Francisco e de Las Vegas também já confirmaram a sua participação no uso das novas tecnologias.

"Nós criamos a Nvidia EGX Edge Supercomputing Platform para esse mundo, onde a computação se move para além do pessoal e além da nuvem para operar numa escala planetária".
Jensen Huang, fundador e CEO da Nvidia

A plataforma EGX traz suporte para uma grande quantidade de aplicações, incluindo por exemplo o Nvidia Metropolis. Esse recurso serve para construir cidades inteligentes a partir do uso de aplicações analíticas de vídeo.

Outra funcionalidade que pode ser implementada com a plataforma é o kit de desenvolvimento Nvidia Aerial. Ela pode ser usada por operadoras de telefonia para criar redes 5G virtualizadas a altamente programáveis, que podem ser usadas para oferecer serviços como fábricas inteligentes, jogos em AR ou VR e games em nuvem.

Via: Tweak Town, TechPowerUp
Uber sobrevive mesmo com prejuízo de U$1,2 bilhão, mas como?

Uber sobrevive mesmo com prejuízo de U$1,2 bilhão, mas como?

Para especialistas, os problemas só devem aumentar e a solução não parece simples


ASUS e Google trabalham em mini-PCs com foco em inteligência artificial

ASUS e Google trabalham em mini-PCs com foco em inteligência artificial

Tinker Edge T e Tinker Edge R serão apresentados no dia 20 em evento no Japão


Xiaomi diz que todos os seus telefones custando acima de 250 euros suportarão 5G

Xiaomi diz que todos os seus telefones custando acima de 250 euros suportarão 5G

Isto valerá para os telefones acima desta faixa de preço lançados em 2020


DJI vai permitir que qualquer pessoa monitore seus drones nas proximidades

DJI vai permitir que qualquer pessoa monitore seus drones nas proximidades

Isso será possível através de um aplicativo planejado para ser lançado em 2020


Navegador Opera 65 traz proteção contra rastreamento na Web melhorada

Navegador Opera 65 traz proteção contra rastreamento na Web melhorada

Versão 65 também introduz uma barra de endereços redesenhada e outras novidades