Executivo do AliExpress revela que gostaria de abrir centro de distribuição no Brasil
Créditos: AliExpress

Executivo do AliExpress revela que gostaria de abrir centro de distribuição no Brasil

Representante da empresa para a LATAM falou da importância do Brasil em entrevista

Qualquer pessoa que já fez compras pela internet deve conhecer o AliExpress. O site que vende produtos da China tem uma presença gigante no país, oferecendo desde as famosas imitações de baixa qualidade até produtos bastante procurados por preços bem competitivos. O Brasil é tão fã do AliExpress que o site considera nosso país entre os cinco principais mercados do mundo e queria aumentar ainda mais sua presença por aqui criando um centro de distribuição local.

A informação vem de Ken Huang, o líder da empresa chinesa para a América Latina que recentemente concedeu uma entrevista ao Estadão, no caderno Link do jornal. Huang falou que um dos principais problemas para o AliExpress no país, apontado pelos consumidores e reconhecido pela empresa, é o tempo que leva para as mercadorias chegarem. Para contornar essa situação, a companhia chega a estudar o centro de distribuição, conforme Huang disse ao jornal:

"Há algumas opções. Não há nada confirmado, mas estudamos abrir um centro de distribuição com depósitos alugados, para onde despacharíamos os produtos. Ou fecharíamos parcerias locais. É algo a médio prazo."

06/09/2019 às 15:23
Notícia

Primeira loja física da Aliexpress é inaugurada no Brasil

O negócio segue o modelo "pop-up" e funcionará por 30 dias em Curitiba

O executivo também foi perguntado a respeito da possibilidade de estabelecer uma loja física por aqui e comentou sobre o projeto piloto feito em Curitiba com parceria com a Ebanx:

"O projeto em Curitiba foi liderado pela Ebanx para testar a reação das pessoas, já que o nosso marketing sempre foi online. A Ebanx percebeu que muita gente não está nos achando na internet. Vimos alguma tração, mas não há certeza se foi um sucesso. Foi um teste e isso é sempre bom. Em Madri, a loja também foi uma parceria com o varejo local. Até agora, não há planos concretos para abrir lojas físicas no Brasil. Ainda acho que há grandes oportunidades para otimizar nossa operação online."

Pelo visto ainda vai um tempo para termos um centro de distribuição por aqui, isso se a AliExpress realmente decidir fazer um. Ainda assim, podemos ter certeza que a empresa tem uma atenção especial com nosso país.

Fonte: Estadão
User img

João Gabriel Nogueira

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Xiaomi Mi 10

Xiaomi Mi 10

Confira a ficha técnica


TikTok teve mais downloads que Facebook e Messenger em 2019

TikTok teve mais downloads que Facebook e Messenger em 2019

Mais do que 700 milhões de pessoas baixaram o app, de acordo com o site Sensor Tower


Mate Xs: próximo celular dobrável da Huawei será mais barato [rumor]

Mate Xs: próximo celular dobrável da Huawei será mais barato [rumor]

Também teria a tela menor e viria com o processador Kirin 990 5G


EUA e China assinam primeira fase de acordo comercial

EUA e China assinam primeira fase de acordo comercial

Fase dois do acerto, ainda em negociação, acabará com as barreiras restantes


Maior radiotelescópio do mundo, FAST foi finalmente inaugurado na China

Maior radiotelescópio do mundo, FAST foi finalmente inaugurado na China

Ele tem 500 metros de diâmetro e já está em pleno funcionamento