SpaceX pede para ter acesso a um espectro de mais de 30.000 satélites Starlink
Créditos: Spacenews | StickPNG

SpaceX pede para ter acesso a um espectro de mais de 30.000 satélites Starlink

A empresa pode aumentar cerca de 5x o número de naves espaciais lançadas pela humanidade

A SpaceX pediu permissão à União Internacional de Telecomunicações (UIT) para acessar um espectro de mais de 30.000 satélites Starlink. Quando o projeto foi apresentado, ele contava com 12.000 satélites para criar uma rede de internet espacial. Esses primeiros 12.000 já foram aprovados, mas, ao que parece, o plano ficou quase quatro vezes maior.

09/10/2019 às 18:34
Notícia

Tripulação humana pode ser enviada para Estação Espacial Inte...

Elon Musk diz que a nave Crew Dragon pode estar quase pronta até dezembro

A Comissão Federal de Comunicações (FCC), em nome da SpaceX, enviou 20 registros à UIT, cada um pedindo 1.500 satélites. O objetivo seria colocá-los em diferentes órbitas entre 328 e 580 quilômetros de altitude. No entanto, isso pode ser um problema no futuro, já que é nessa área do espaço que se tende a realizar voos com naves tripuladas. Segundo Roger Thompson, da Aeroscape Corporation, essa decisão "terá impacto nos futuros voos espaciais humanos".

Porém, não é certeza que a SpaceX enviará 42.000 satélites para a órbita baixa da Terra. Alguns críticos da empresa acreditam que essa solicitação é uma estratégia para "afogar a UIT", já que ela deve mudar suas regras de uso na próxima Conferência Mundial de Radiocomunicações - que acontece  de 28 de outubro a 22 de novembro. Os reguladores devem estabelecer regras mais rígidas para os empreendimentos de mega-constelações depois disso.

“À medida que aumenta a demanda por Internet rápida e confiável em todo o mundo, especialmente para aqueles onde a conectividade é inexistente, muito cara ou pouco confiável, a SpaceX está tomando medidas para escalar responsavelmente a capacidade total da rede e a densidade de dados da Starlink para atender ao crescimento esperado dos usuários. necessidades. " - Declaração da SpaceX para o Spacenews.

A União Internacional de Telecomunicações é uma entidade das Nações Unidas que coordena o espectro para as operadoras de satélites em nível internacional. Os reguladores nacionais enviam os pedidos em nome das operadoras do seu país e esses registros, por sua vez, são um dos passos iniciais para implantar um sistema de satélites.

14/10/2019 às 16:01
Notícia

Após desentendimento, Elon Musk e chefe da NASA se acertam co...

Jim Bridenstine está planejando levar astronautas para a Estação Espacial em conjunto com a SpaceX

Geralmente, eles são feitos muito tempo antes de uma empresa construir algo para ser lançado no espaço. A partir dos registros, as operadoras (nesse caso, a SpaceX) tem um prazo de sete anos para lançar pelo menos um satélite com as frequências solicitadas e operá-lo por 90 dias. Depois desse processo, outras empresas devem projetar seus sistemas de modo que não causem interferência nesse recém-implantado.

A SpaceX lançou os primeiros 60 satélites Starlink no início desse ano. Outros 60 devem ser enviados ainda em outubro, e uma nova remessa em novembro. Se ela lançar 30.000 satélites além dos 12.000 já planejados, a empresa será responsável por um aumento de cerca de cinco vezes no número de naves espaciais lançadas pela humanidade.

Via: Engadget Fonte: Spacenews
User img

Saori Almeida

Saori Almeida é natural do Rio Grande do Sul, técnica em administração formada pelo Centro Tecnológico de Caxias do Sul (CETEC) e estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Gosta da cultura asiática e nerd no geral e tem interesse crescente por tecnologia e games desde pequena - gosto que se intensifica diariamente na redação.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Universidade cria gafanhoto ciborgue que identifica explosivos

Universidade cria gafanhoto ciborgue que identifica explosivos

Insetos levam consigo mini mochilas detectoras com sinal wireless


SpaceX deve levar primeiros turistas ao espaço em 2021

SpaceX deve levar primeiros turistas ao espaço em 2021

Empresa diz que início de 2022 seria a data limite para começar as viagens


Booster do foguete usado no quinto lançamento de satélites Starlink ficou no oceano

Booster do foguete usado no quinto lançamento de satélites Starlink ficou no oceano

Esse é o quarto impulsionador que a companhia espacial perde no mar


SpaceX lança quinto lote de satélites Starlink

SpaceX lança quinto lote de satélites Starlink

Os 60 satélites foram colocados em órbita pelo foguete Falcon 9


Chuva vai se tornar uma fonte altamente eficaz de energia em breve

Chuva vai se tornar uma fonte altamente eficaz de energia em breve

Uma única gota de água poderá acender 100 lâmpadas de LED