Google Pixel 4 e 4 XL não tem a opção de armazenamento ilimitado no Google Fotos
Créditos: Cnet

Google Pixel 4 e 4 XL não tem a opção de armazenamento ilimitado no Google Fotos

Os dispositivos Pixel tinham três anos grátis para fotos em tamanho original

Uma das especificações que mais chamou a atenção no anúncio oficial do Google Pixel 4 foi a pouca capacidade de armazenamento interno que a Google está oferecendo para os seus novos aparelhos, com as opções de 64GB ou 128GB. Esse problema poderia ser facilmente resolvido se a empresa continuasse oferecendo os três anos grátis de armazenamento ilimitado em tamanho original no Google Fotos. Aparentemente isso não irá acontecer, a linha de smartphones Pixel irá seguir as mesmas diretrizes de qualquer aparelho Android, com os 15GB grátis disponível, mas em formato de "alta resolução", que compacta os arquivos. Caso o usuário tenha interesse em mais espaço na nuvem, em formato original, ele terá que pagar por isso.

15/10/2019 às 12:19
Notícia

OFICIAL: Google lança Pixel 4 por US$ 799, mas cadê o Pixel 4...

Novo celular tem conjunto de câmeras semelhante ao do iPhone 11 e pré-venda já começou

O evento Made By Google revelou os novos smartphones com o Android puro, assim como o projetado pela própria Google no desenvolvimento. Desde a primeira versão do Pixel o aparelho era totalmente voltado para a boa qualidade de fotos. Mesmo com apenas uma câmera, os smartphones da Google conseguiam se equiparar com outros aparelhos topo de linha de outras fabricantes, com mais lentes disponíveis. O Pixel 4 vem com duas câmeras e um sensor de profundidade ToF pela primeira vez.

Um dos diferenciais dos smartphones Pixel era a possibilidade de armazenamento ilimitado no Google Fotos no formato original que era captado pelo aparelho. Essa oferta era válida por três anos, depois desse período a Google solicita para que o usuário faça uma assinatura do Google One, que fornece mais espaço. Mesmo que o usuário não tenha interesse em adquirir espaço extra os arquivos não são deletados, mas nada mais que é captado pelo aparelho é salvo na sua conta.

15/10/2019 às 14:21
Notícia

Google Pixel 4 XL é lançado! Mesmo não aparecendo na transmis...

O smartphone vem com mais bateria que a versão padrão e custa US$100 a mais

As câmeras traseiras do Pixel 4 e 4 XL são de 16MP e 12,2MP, a de selfies é de 8MP. Combinados com um armazenamento que conseguia manter as imagens da forma que elas tinham sido capturadas, isso garantia uma qualidade de imagens superior a maioria dos smartphones do mercado. Esse era um dos principais diferenciais do aparelho, que foi abandonado nesta última versão.

Não se sabe qual o motivo do Google remover essa opção, que era até então um dos principais pontos de venda dos Pixel. O Google One inclui uma avaliação gratuita de três meses e pode ser usada entre todos os aplicativos da Google.

Via: xda-developers, GSM Arena
User img

Ana Luiza Pedroso

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Galaxy Fold 2 tem suas especificações vazadas, devendo ser lançado até o mês de junho

Galaxy Fold 2 tem suas especificações vazadas, devendo ser lançado até o mês de junho

Sucessor da primeira geração de smartphones dobráveis da empresa deve contar com uma tela maior e suporte a S-Pen


Galaxy S20 na cor rosa e capas protetoras aparecem em novo vazamento

Galaxy S20 na cor rosa e capas protetoras aparecem em novo vazamento

Depois de tantos vazamentos, parece que teremos mais um lançamento sem surpresas


Google I/O 2020: Evento para desenvolvedores começa no dia 12 de maio

Google I/O 2020: Evento para desenvolvedores começa no dia 12 de maio

A data foi confirmada no Twitter pelo CEO Sundar Pichai


Novo celular da POCO será lançado em fevereiro

Novo celular da POCO será lançado em fevereiro

Teasers indicam que ele pode ser lançado como POCO X2


Galaxy Fold tem todas as unidades vendidas no Brasil nas primeiras 24 horas

Galaxy Fold tem todas as unidades vendidas no Brasil nas primeiras 24 horas

O dispositivo é o primeiro smartphone dobrável vendido no Brasil pelo preço de R$12.999