Xiaomi Mi Band 5 pode ter suporte para pagamentos via NFC fora da China
Créditos: Xiaomi

Xiaomi Mi Band 5 pode ter suporte para pagamentos via NFC fora da China

Versão global da geração anterior, Mi Band 4, não tinha NFC nem microfone

A fabricante de eletrônicos chinesa Xiaomi deverá lançar sua pulseira inteligente de nova geração, a Mi Band 5, com suporte para pagamentos via NFC mesmo na sua versão global. Como lembra o site GSMArena, o modelo anterior da linha (Mi Band 4) vinha com sensores NFC e microfone para o mercado chinês.

20/08/2019 às 08:55
Notícia

Xiaomi já está trabalhando na Mi Band 5, revela fabricante da...

Huami, que cuida da produção da pulseira inteligente, confirmou a próxima geração do produto

Apesar disso, fora do seu mercado doméstico, o produto não possui nenhum desses recursos habilitados. Ainda segundo a notícia, não se sabe se a Mi Band 5 terá um microfone, mas as especulações apontam que o produto terá suporte para pagamentos sem fio.

Site oficial: Xiaomi Mi Band 4

No momento, os detalhes sobre a próxima geração das pulseiras inteligentes da Xiaomi ainda são bem escassos. Até agora, a fabricante chinesa não divulgou nenhuma informação sobre o produto. Só que, considerando as datas de lançamento das gerações anteriores, pode-se esperar a chegada da Mi Band 5 no primeiro semestre de 2020.

Afinal, a Mi Band 3 foi apresentada inicialmente em maio de 2018, enquanto a Mi Band 4 se tornou oficial em junho de 2019. Segundo o site Gizmo China, no mercado chinês, a Xiaomi Mi Band 4 também pode ser usada como um cartão de identidade no local de trabalho e até para substituir cartões de ônibus e de metrô.

Especula-se ainda que a Mi Band 5 terá um design mais robusto para torná-la mais durável e prolongar sua vida útil. Já foi confirmado que a nova smartband da Xiaomi está sendo desenvolvida em parceria com a Huami. A empresa também está trabalhando numa série de outros projetos em parceria com a Xiaomi.

Via: Gizmo China, GSMArena
User img

Carlos Felipe

Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou parao PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.