Chineses desenvolvem câmera com 500MP para reconhecimento facial
Créditos: ABC

Chineses desenvolvem câmera com 500MP para reconhecimento facial

Sistema é capaz de reconhecer um rosto específico entre centenas de milhares de pessoas

Cientistas desenvolveram um sistema de câmera de 500MP que promete ser capaz de identificar o rosto de alguém no meio de uma multidão de centenas de milhares de pessoas, elevando os padrões de tecnologia de reconhecimento. A câmera foi desenvolvida através de uma parceria envolvendo mais de um grupo, a Universidade Fudan trabalhou com o Instituto de Óptica da Changchun e a Academia Chinesa de Ciências.

A princípio pode ser difícil ter ideia da qualidade da câmera, segundo os desenvolvedores, ela entrega uma resolução cinco vezes mais detalhada que a do olho humano. A alma do dispositivo é seu sistema de inteligência artificial (IA), capaz de fazer o reconhecimento facial com um monitoramento em tempo real. Toda automação tem integração com tecnologia avançada de computação na nuvem.

Polícia chinesa utiliza drone para
achar homem foragido há 17 anos

Até mesmo em um estádio lotado é possível identificar um rosto humano específico, segundo explica Xiaoyang Zeng. O pesquisador comenta que a câmera é capaz de capturar imagens e vídeos, o que dá mais opções para investigadores, policiais e vigias no trabalho. Apesar de ser muito promissora, o maior problema de aumentar a qualidade das capturas está no tamanho dos arquivos gerados e a velocidade com que o processamento tem que ser feito. Com tamanhos maiores, o armazenamento em nuvem é dificultado e os arquivos gravados podem acabar tendo que ceder espaço para novos.

A China é uma das pioneiras em reconhecimento facial e trabalha para implementar o sistema em maior número em suas ruas. Atualmente, a China está vivenciando fortes protestos, com as ruas lotadas de pessoas. Recentemente, vídeos foram compartilhados mostrando os manifestantes utilizando lasers para borrar a visão das câmeras de reconhecimento facial. Outros compartilhamentos também mostram chineses derrubando postes com os dispositivos.

Fonte: ABC

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.