UPS ganha aprovação da FAA para fazer quantas entregas por drone desejar
Créditos: Reprodução/TechCrunch

UPS ganha aprovação da FAA para fazer quantas entregas por drone desejar

A empresa também pode fazer voos noturnos e entregar pacotes com peso acima dos 25 quilos

A UPS anunciou na última terça-feira (1) que recebeu aprovação da FAA para criar uma “linha aérea de drones” responsáveis por fazer a entrega de pacotes. Segundo a empresa, inicialmente essa permissão vai ser usada para criar uma rede de entregas para hospitais ao redor dos Estados Unidos.

A certificação obtida pela companhia é a CFR Part 135, que também é usada por aeronaves que circulam pelo país. Ela permite que a UPS não somente use quantos drones desejar, mas também que eles voem fora da linha de visão do piloto e carreguem cargas que pesem mais do que 25 quilogramas (55 libras). Além disso, agora os dispositivos poderão fazer voos noturnos.

Segundo a empresa, ela é a primeira a conseguir uma certificação do tipo: concorrentes como o Uber Eats e a Amazon Air ainda têm que lidar com diversas restrições em seus voos. Embora a startup Wing, pertencente ao Alphabet, também tenha conseguido a CFR Part 135, ela está restrita a somente um de seus empregados.

Conquista que marca um passo inicial

24/09/2019 às 16:44
Notícia

DJI lança novos drones para agricultura e atendimentos de des...

Novo programa da fabricante inaugura aeronaves com função de imagens e de aplicação de pesticidas

A conquista da UPS é resultado do trabalho próximo que ela vem desenvolvendo com a FCC, entidade responsável por regular o espaço aéreo dos Estados Unidos. Assim que recebeu a certificação, a empresa realizou uma entrega para o hospital WakeMed na cidade de Raleigh usando um drone Matternet.

As operações de drones da companhia são operadas pela UPS Flight Foward, formada em julho deste ano. Até o momento a divisão ainda está construindo as bases de sua operação, o que significa que deve demorar algum tempo até que os gadgets se tornem um método corriqueiro para a entrega de pacotes.

O próximo passo para a UPS é expandir o serviço para uma seleção ampliada de hospitais, o que deve envolver a construção de novas instalações em solo. Além disso, ela terá que construir um local para centralizar suas operações e desenvolver sistemas de detecção que permitam aos drones desviar de outros objetos — os gadgets em si devem ser criados em conjunto com várias fabricantes, que terão a missão de prepará-los para lidar com cargas de diferentes tamanhos e pesos.
 

Via: The Verge Fonte: TechCrunch
User img

Felipe Gugelmin

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

DRONE a PROVA D' ÁGUA com câmera 4K - Conheça o SwellPro SPRY+

DRONE a PROVA D' ÁGUA com câmera 4K - Conheça o SwellPro SPRY+

Drone ainda traz uma câmera 4K, autonomia de 17 minutos e um controle que não precisa de celular


Veja comparação em vídeo dos drones 8K Autel EVO II vs Mavic 2 Pro e Zoom

Veja comparação em vídeo dos drones 8K Autel EVO II vs Mavic 2 Pro e Zoom

Imagens foram feitas por um YouTuber especialista em imagens aéreas


Skydio começa expansão e fecha parceria para distribuir seus drones no Japão e Ásia

Skydio começa expansão e fecha parceria para distribuir seus drones no Japão e Ásia

O objetivo das empresas é acelerar o desenvolvimento do mercado de drones industriais na região


Brasileiro bate recorde mundial do drone FIMI X8 SE voando por mais de 8.5Km

Brasileiro bate recorde mundial do drone FIMI X8 SE voando por mais de 8.5Km

A distância percorrida pelo piloto passa 3.5Km do recomendado pela submarca da Xiaomi


Drones ajudam a identificar resíduos plásticos em oceanos com IA

Drones ajudam a identificar resíduos plásticos em oceanos com IA

Organização The Plastic Tide utiliza tecnologia presente no Phantom 4 da DJI para detectar e classificar tipos de lixo