Próxima atualização do Windows 10 vai identificar o núcleo favorito do seu processador
Créditos: The Verge

Próxima atualização do Windows 10 vai identificar o núcleo favorito do seu processador

Essa otimização deve deixar máquinas com CPU multi-core mais rápidas

A próxima grande atualização do Windows 10 está programada para algum momento do final deste ano e a informação mais recente é que ela vai conseguir identificar o núcleo favorito do seu processador. Com isso, o desempenho geral dos equipamentos deve ficar mais rápido.

Quando uma CPU é fabricada, alguns núcleos podem ter características diferentes de tensão elétrica e potência devido a variações nos processos -  falando de processadores com mais de um núcleo, claro. Isso resulta em um aumento de desempenho e esses núcleos são chamados de "núcleos favorecidos" ou "núcleos favoritos" (favored cores), já que podem oferecer mais do que outros núcleos na matriz.

30/09/2019 às 21:52
Notícia

Microsoft: atualizações do Windows impulsionadas por IA reduz...

Empresa de software revela que usa machine learning para corrigir updates falhos

"Uma CPU pode ter vários núcleos "favorecidos" [...]. Para fornecer melhor desempenho e confiabilidade, implementamos uma política de rotação que distribui o trabalho de maneira melhor distribuída entre esses núcleos favorecidos."- Trecho da publicação da Microsoft no seu blog oficial 

Com essa otimização do Windows 10 19H2, como é chamada a próxima atualização, o sistema operacional usará as informações armazenadas na CPU para identificar os núcleos mais rápidos e enviar um volume maior de tarefas intensivas para eles. De acordo com dados  da Intel, a otimização adequada dos melhores núcleos melhora em até 15% o desempenho em cargas de trabalho de 1 a 4 linhas de processamento. Porém, é preciso ter suporte ao Turbo Boost Max 3.0 - presente apenas nos modelos HEDT da empresa até o momento.

Tanto os processadores Intel com Turbo Boost Max 3.0 quanto os AMD Ryzen conseguem informar ao sistema quais dos seus núcleos são melhores, qual é o melhor da matriz e qual é o melhor em um complexo de núcleos (CCX) específico. A própria fabricante faz essa seleção.

Os processadores "Zen" da AMD conseguem relatar seus melhores núcleos por CCX, matriz e pacote, e o software Ryzen Master exibe essas informações. A  Microsoft foi além e conseguiu identificar detalhes sobre o design multi-CCX e multi-matriz desses processadores (utilizando o Windows 10 1903) e os programas de cargas de trabalho. Porém, o Windows não tinha capacidade de explorar os núcleos favoritos - coisa que deve mudar com o próximo update.

Para entender melhor como funciona a fabricação de um chip, confira esse vídeo do Adrenaline:

Continua após a publicidade

Via: Bleeping Computer
User img

Saori Almeida

Saori Almeida é natural do Rio Grande do Sul, técnica em administração formada pelo Centro Tecnológico de Caxias do Sul (CETEC) e estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Gosta da cultura asiática e nerd no geral e tem interesse crescente por tecnologia e games desde pequena - gosto que se intensifica diariamente na redação.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.