Operadoras brasileiras já estão começando a bloquear o domínio do mega.nz
Créditos: Mega

Operadoras brasileiras já estão começando a bloquear o domínio do mega.nz

O domínio do site não está disponível para diversos usuários da Vivo, Net e outras

No dia 12 de setembro de 2019 uma ordem judicial do Departamento de Justiça do estado de São Paulo deferiu que o site mega.nz, entre outros domínios, não seriam mais acessado em território brasileiro. Aparentemente as empresas já começaram a cumprir a decisão. O site já não pode mais ser acessado normalmente em diversos estados por clientes da Net, Vivo e outras.

O processo que define o bloqueio do domínio mega.nz no Brasil está correndo em caráter de sigilo na justiça. Por mais que não seja divulgada qual empresa é autora do processo, é possível saber que há um grupo responsável pela constituição dele, sendo elas: a Claro, Oi, Vivo-Telefônica e Algar Telecom. É possível acessar a decisão judicial na íntegra, clicando neste link.

"DEFIRO a ampliação dos efeitos da tutela de urgência deferida às fls. 247/249 e 348/349 para o fim de determinar que os provedores de conexão brasileiros, Claro Brasil, Vivo-Telefônica, Oi e Algar Telecom não permitam que os internautas brasileiros acessem os websites alfastream.cc, akugyash.com, centrelinguistique.com, oload.tv, verystream.net www. fembed.net, ruvid.nl, clipwatching.com, mega.nz, videoshare.club. Servirá a presente decisão, por cópia assinada digitalmente por esta magistrada, como OFÍCIO, devendo a parte interessada proceder ao seu devido encaminhamento, comprovando-se nos autos no prazo de 05 (cinco) dias." - JusBrasil.

A alegação pelo qual o site está sendo bloqueado é por ele "infringir ao direito intelectual e industrial". A justiça determinou um prazo para que as partes envolvidas no processo se manifestassem. A Mega fez um post em seu Twitter solicitando respostas para a operadora Vivo:

Segundo o Tweet, o site está sendo barrado pelo DNS (Domain Name System), ou seja, pelo nome de domínio do site. Isso está fazendo com que as pessoas que tenham arquivos hospedados neste domínio não consigam mais acessá-los. Alguns usuários informam que estão enfrentando problemas também com a Net e outros relatam que estão conseguindo conectar-se usando o VPN (Virtual Private Network). 

Via: TecMundo Fonte: JusBrasil
User img

Ana Luiza Pedroso

Ana Luíza é técnica em informática formada pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e graduanda de Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Compõe o quadro de estagiários do Adrenaline e Mundo Conectado desde 2018, publicando notícias. Aprende muito todos os dias sobre o universo de hardware, games e tecnologia.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

O que acontecerá com os celulares que seriam lançados na MWC? Descubra

O que acontecerá com os celulares que seriam lançados na MWC? Descubra

A edição de 2020 do evento foi cancelada devido a ameaça do Coronavírus


Relatórios mostram quais serão os efeitos do coronavírus na indústria de tecnologia

Relatórios mostram quais serão os efeitos do coronavírus na indústria de tecnologia

A TrendForce espera queda em vários setores por causa das mudanças no mercado chinês


Celular chinês iQOO 3 5G alcança a maior pontuação no AnTuTu

Celular chinês iQOO 3 5G alcança a maior pontuação no AnTuTu

Fabricante também revelou especificações de bateria


MWC 2020 é cancelada devido ao coronavírus e desistência de várias empresas

MWC 2020 é cancelada devido ao coronavírus e desistência de várias empresas

A Mobile World Congress é a maior feira anual da indústria de smartphones


Intel, Vivo e MediaTek também desistem do MWC 2020 por causa do Coronavírus

Intel, Vivo e MediaTek também desistem do MWC 2020 por causa do Coronavírus

Lista de empresas que desistiram do evento continua aumentando