Flir anuncia FLIR MUVE C360, primeiro detector de gás para drones

Detector auxilia socorro e análise de segurança em situações de emergência

A empresa FLIR acaba de anunciar o MUVE C360, o primeiro detector de gás para drones da indústria. A nova tecnologia foi anunciada durante a DJI Airworks dessa semana, onde a empresa apresentou ao vivo como funciona o produto. De acordo com a imprensa presente no evento, a Flir está evoluindo rapidamente de uma produção de câmeras com detectores térmicos para ferramentas mais refinadas como o detector de gás. 

Site oficial FLIR MUVE 360

A nova tecnologia para drones vai auxiliar ainda mais bombeiros durante atendimentos de emergência contra incêndios ou desastres. A prevenção do vazamento de gases ajuda a socorrer vítimas que podem estar sendo asfixiadas ou evitar explosões iminentes. O FLIR MUVE C360 é atualmente compatível com a plataforma DJI Matrice 210 UAS. 

O C360 possui um detector de fotoionização, além de um conjunto de sensores eletroquímicos avançados que fornecem monitoramento contínuo em tempo real de riscos químicos, como cloro, monóxido de carbono e outros gases combustíveis. Esse recurso permitirá que as equipes de socorro e emergências avaliem remotamente as situações e selecionem o equipamento de proteção individual adequado. As equipes de bombeiros poderão monitorar a qualidade do ar em torno do ambiente antes de entrar no local de perigo, além de que especialistas industriais podem realizar inspeções em áreas de difícil acesso com mais facilidade.

15/04/2019 às 17:44
Notícia

Parrot anuncia seu novo drone, o ANAFI Thermal, com câmera te...

Drone profissional chega por US$ 1.900 acompanhando três baterias e bolsa customizada

A FLIR também está lançando o FLIR VueLink, um aplicativo de pilotagem que oferece ao piloto do drone uma interface plug-and-play no MUVE C360. O aplicativo também incluiu um controle de voo avançado e uma interface com o FLIR Cloud. 

Via: Suasnews
User img

Mariela Cancelier

Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), fui estagiária do Adrenaline/Mundo Conectado entre 2015 e 2017. Gosto de jogos de luta (o que marcou minha infância foi Tekken 4) e MOBAs. Atualmente sou colaboradora de ambos sites e apareço de vez em quando em alguns vídeos e reviews dos canais.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.