Huawei Mate 30 Pro bate recorde no teste de câmeras do DxOMark
Créditos: Huawei

Huawei Mate 30 Pro bate recorde no teste de câmeras do DxOMark

Pontuação de 121 superou o líder anterior, Galaxy Note 10+ 5G, que tinha 117 pontos

O smartphone topo de linha Huawei Mate 30 Pro bateu o recorde do teste de câmeras do site DxOMark, chegando ao topo do ranking com uma pontuação total de 121. Isso deixa para trás o anterior líder, o Samsung Galaxy Note 10+ 5G, que obteve 117 pontos e o P30 Pro da própria Huawei, que tem pontuação 116 (empatado com o Galaxy S10 5G).

22/09/2019 às 23:22
Notícia

Huawei afirma que implementaria apps da Google em uma noite s...

Série de topos de linha Mate 30 foi lançada sem suporte para a Play Store

O destaque fica para o placar na captura de fotografias, que ficou em 131 pontos, o máximo já obtido até hoje. Essa foi a primeira vez que um smartphone passou pelo novo sistema de testes do DxOMark que agora também põe à prova a câmera ultra grande angular e o modo noturno do smartphone.

Huawei Mate 30 Pro no DxOMark

O Mate 30 Pro se saiu excepcionalmente bem nos testes noturnos, com muitos elogios por parte da equipe de testes. Ele também apresentou boas capturas no modo de zoom, que agora é de 3 vezes contra as 5 vezes do P30 Pro. Isso significa que ele é melhor que o topo de linha anterior da Huawei para médias distâncias, mas pior quando se usa 5 vezes de aproximação.

Para captura de vídeos, o smartphone da Huawei tirou um placar de 100 pontos, o que na verdade foi menor que os 100 pontos do Samsung Galaxy Note 10+ 5G. Problemas com o uso do HDR nas gravações e na quantificação das cores em vídeos de ambientes internos foram as principais críticas para o aparelho.

Já a câmera de selfie recebeu 93 pontos, o que na verdade é suficiente apenas para colocar o Mate 30 Pro em quinto lugar. Ele fica na frente do Google Pixel 3 e do P30 Pro, mas ainda não supera o Galaxy S10 5G e o ZenFone 6, por exemplo.

Via: GSMArena
User img

Carlos Felipe

Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou parao PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.