MIUI 11: Xiaomi apresenta sua nova interface baseada em Android 10
Créditos: Xiaomi/Divulgação

MIUI 11: Xiaomi apresenta sua nova interface baseada em Android 10

Sistema traz design mais moderno e acrescenta diversas funcionalidades

A Xiaomi apresentou sua nova interface para os seus smartphones, ela é baseada no recém-chegado Android 10 e dá um ar mais limpo e moderno para o sistema. Foram feitas modificações no design de maneira geral e foram apresentadas novas funcionalidades e aplicativos, o que resultou em uma MIUI bastante interessante e completa.

A principal diferença que é possível notar já de cara está na quantidade de espaços em branco deixados pela empresa para deixar a navegação menos poluída.

Para acompanhar a atualização do Android 10, a MIUI 11 também aparece com o Dark Mode, ou modo escuro. Ela muda a cor de todos os aplicativos e tem um preto verdadeiro e não um tom de cinza como a Google utiliza.

Xiaomi Mi 9 Pro chega com 5G, S
D855+, MIUI 11 e outras melhorias

A empresa também deu um grande destaque para a nova fonte utilizada, a MiLan Pro, seguindo o conceito de design da nova interface. Segundo a Xiaomi, ela é simples e adequada para praticamente qualquer situação, além de ser capaz de engrossar suas bordas de acordo com a aplicação utilizada ou com o que o usuário está interagindo. Essa implementação conseguiu ganhar o prêmio internacional para produtos Reddot Design.

A tela de descanso também ganhou novas personalizações, incluindo novos símbolos e relógios. Outra atualização feita está nos sons de alarmes e notificações, agora será possível escolher o tipo de som dependendo do lugar e hora do dia. 

Para dar mais produtividade para os usuários de seus smartphones, a Xiaomi criou o conjunto de aplicativos chamado de Mi Work, ele reúne o que é necessário para lidar com trabalhos de escritório. Como update em praticidade, uma funcionalidade que também apareceu como destaque foi a tecnologia Mi Share, compartilhada com a Oppo e Vivo para transferência de arquivos entre notebooks, smartphones e outros dispositivos. Agora ela é capaz de suportar até 82MB/s, agilizando o processo.

A MIUI 11 ainda incluiu um novo leitor de documentos PDF, com compatibilidade com WPS Office e um novo aplicativo pensado para apresentações. Basicamente, é possível espelhar um documento do celular para uma tela, por exemplo. Isso tudo interagindo com o smartphone na palma da mão.

Outras novidades incluem uma funcionalidade que torna mais simples a conexão com impressoras, um serviço para facilitar viagens aéreas e um novo aplicativo para gerenciar o consumo da bateria do celular. Além disso, todos os temas da Xiaomi passam a ser gratuitos para download. A versão beta começa a ser disponibilizada ainda nesta semana.

Algumas dessas funcionalidades são destacadas no trailer do Mi 9 Pro 5G, apresentado no mesmo evento.

Via: XDA Developers, Gizmochina

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Play Store deleta 98% dos aplicativos que espiam textos e ligações no Android

Play Store deleta 98% dos aplicativos que espiam textos e ligações no Android

Google anunciou o banimento de apps considerados maliciosos


OnePlus 8 terá Qualcomm Snapdragon 865 com 8GB de RAM

OnePlus 8 terá Qualcomm Snapdragon 865 com 8GB de RAM

Celular deve chegar ao mercado em abril


Celular chinês iQOO 3 5G alcança a maior pontuação no AnTuTu

Celular chinês iQOO 3 5G alcança a maior pontuação no AnTuTu

Fabricante também revelou especificações de bateria


Google revela Android 11 na internet por acidente

Google revela Android 11 na internet por acidente

Página já foi tirada do ar, mas mostrou alguns destaques da nova versão


Imagem renderizada mostra possível design do Google Pixel 5 XL

Imagem renderizada mostra possível design do Google Pixel 5 XL

Imagem é aparentemente baseada em um dos três protótipos iniciais