Microsoft vai separar atualizações opcionais no Windows 10 a partir de 2020
Créditos: PC Gamer

Microsoft vai separar atualizações opcionais no Windows 10 a partir de 2020

A volta do recurso promete dar mais controle e liberdade ao usuário na hora de instalar updates

No começo do ano a Microsoft anunciou que começaria a fazer algumas alterações no Windows 10 para dar mais liberdade ao usuário e melhorar a sua experiência ao usar o sistema operacional. Uma das principais mudanças seria a possibilidade de adiar as atualizações obrigatórias por até 35 dias, permitindo que seus clientes escolhessem o melhor momento instalar o update e tivessem mais controle sobre as versões ativas em seu computador. 

17/09/2019 às 10:37
Notícia

Windows Core OS aparece em documentos de suporte oficiais da ...

O novo sistema deve servir como base para a nova geração de produtos da empresa

Para mostrar que realmente estão dispostos a ouvir sua imensa comunidade, a equipe responsável pelo Windows Insider Program (programa de testes de novos recursos do Windows) divulgou uma nota afirmando que, a partir de 2020, o recurso que permitia escolher instalar as atualizações opcionais no sistema vai voltar.

Ou seja, os updates opcionais como drivers, recursos, novidades e melhorias não serão mais vinculados as atualizações obrigatórias (de segurança) e o usuário vai poder escolher quando e se quer instalá-las. 

Essa mudança não só vai dar mais liberdade para quem usa o sistema operacional da Microsoft como também vai evitar que as pessoas sofram com problemas de incompatibilidade e falhas em atualizações forçadas. 

A novidade marca o retorno do recurso que foi retirado no Windows 10 e permitia que o usuário recebesse as notificações de update e escolhesse o que seria instalado. 

Infelizmente ainda será necessário aguardar até o ano que vem para que o recurso seja disponibilizado para todos. É esperado que a implementação aconteça na versão 20H1, prevista para sair na primeira metade de 2020. 

Por enquanto os primeiros testes estão sendo feitos pelos inscritos do Windows Insider e, nas primeira imagens divulgadas pelo site BleepingComputer, é possível ver como a mudança será implementada. Não devemos esperar grandes alterações na tela de atualização, apenas o acréscimo de uma opção para ver as atualizações opcionais.

Algumas das funcionalidades deverão ser ativadas manualmente na aba de configuração do Windows, caso contrário, as atualizações vão continuar automáticas vão continuar acontecendo. 

A Microsoft ainda promete que o update vai trazer melhorias na experiência dos usuários que usam periféricos com conexão bluetooth e vai trazer diversas correções e melhorias apontadas pela comunidade. Para conferir a lista completa de novidades, acesse a nota oficial neste link aqui. 

Via: Adrenaline, Bleepingcomputer Fonte: Microsoft
User img

Lucas Alvaro

Xiaomi anuncia atualização de seus aparelhos para MIUI 11 a partir de 22 de outubro

Xiaomi anuncia atualização de seus aparelhos para MIUI 11 a partir de 22 de outubro

O update será distribuído em quatro fases começando em outubro e terminando em dezembro


OnePlus 7 e 7 Pro recebem atualização OxygenOS 10.0.1 baseada no Android 10

OnePlus 7 e 7 Pro recebem atualização OxygenOS 10.0.1 baseada no Android 10

Lançamento da atualização tinha sido interrompido por problemas de bugs


Microsoft lançará Update de Novembro de 2019 para Windows 10 ainda em outubro

Microsoft lançará Update de Novembro de 2019 para Windows 10 ainda em outubro

Principal atualização do segundo semestre de 2019 trará mudanças para notificações


Google vai obrigar todas as fabricantes a usarem Android 10 depois de janeiro de 2020

Google vai obrigar todas as fabricantes a usarem Android 10 depois de janeiro de 2020

Essa é mais uma medida da Google para resolver o problema de distribuição de novos softwares


Entenda o que é o Windows 10X, versão do sistema da Microsoft para PCs de tela dupla

Entenda o que é o Windows 10X, versão do sistema da Microsoft para PCs de tela dupla

Ele não será uma atualização do Windows 10, mas algo para coexistir no mercado