Drone de entrega da Google começa a operar nos EUA
Créditos: Wing/Reprodução

Drone de entrega da Google começa a operar nos EUA

A Wing promete fazer entrega no endereço desejado em poucos minutos

Anos atrás, a Google criou a Alphabet, empresa que gerencia a gigante da tecnologia e também todas as outras companhias e investimentos que surgiram dela. Uma das empresas que pertence ao grupo e traz uma proposta de inovação é a Wing, que recentemente começou a operar seu drone de entregas em parceria com a FedEx e a rede de farmácias Walgreens. A promessa dela é fazer as entregas em minutos.

Usuário do Google Earth encontra sem querer
corpo de desaparecido há mais de 20 anos

Por enquanto, o atendimento acontece apenas para uma cidade do sudoeste da Virginia nos Estados Unidos, em Christiansburgs. A iniciativa faz parte do Programa Piloto de Integração do Departamento de Transportes dos EUA, permitindo que dezenas de quilômetros sejam encurtados com entregas autônomas de mercadorias. Ainda que os drones possam voar sozinhas, a Wing comenta que há profissionais de prontidão para assumir o comando da aeronave em caso de emergências.

No vídeo abaixo, a empresa explica como funciona a entrega dos produtos. Após fazer o pedido por um aplicativo, o entregador leva a mercadoria até o drone com o destino marcado, a aeronave sai para a entrega e deixa o conteúdo no local combinado.

Para levantar a mercadoria, o entregador utiliza um gancho, que é puxado por uma espécie de corda pelo drone. Para os produtos são utilizadas embalagens especiais, já com o encaixe visível e um design que auxilia no transporte.

Para clientes da FedEx, apenas aqueles que têm a conta Express podem usufruir da novidade. Além disso, não é a toda a área da cidade que aceita esse tipo de entrega, é preciso estar em uma zona específica para poder pedir esse tipo de encomenda.

A Wing faz parte das empresas da Alphabet e já teve experiências com entregas de drone na Finlândia e também na Austrália. Antes de começar a operar na Virginia, foram feitos mais de 80000 testes, segundo a empresa, e o drone conta com baterias reservas, múltiplos motores e proteções no sistema de navegação.

Via: The Verge, Geek.com Fonte: Wing

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.