Concorrente do AirDrop, Google Fast Share ganha novos recursos antes de lançamento
Créditos: XDA Developers

Concorrente do AirDrop, Google Fast Share ganha novos recursos antes de lançamento

Sistema usa Wi-Fi Direct e promete ser muito mais rápido do que o antigo Android Beam

A Google deverá adicionar uma funcionalidade conhecida como Fast Share para o Android num futuro próximo, com o recurso chegando para substituir o antigo Android Beam e competir com o Apple AirDrop. A ideia é permitir a transferência de arquivos entre dois dispositivos com o sistema operacional da Google sem a necessidade de cabos ou de internet.

16/09/2019 às 16:11
Notícia

Nova linha de smartphones Huawei Mate 30 vaza antes do lançam...

Huawei Mate 30 Pro, Mate 30 Pro Porsche Design, Mate 30 e Mate 30 Lite apareceram online

De acordo com o site XDA Developers, desde que o recurso veio a público — em junho de 2019 — a Google implementou uma série de novas funcionalidades e melhorias. Por exemplo, a empresa refinou a maneira como os arquivos são exibidos antes de serem compartilhados e também repensou a localização da ferramenta dentro da tela de configurações do sistema.

Ainda segundo a publicação, o Fast Share tem uma grande vantagem em comparação com o antigo Android Beam: o novo recurso usa Wi-Fi Direct ao invés de Bluetooth para a transferência de arquivos. Isso resulta numa velocidade muito maior, diminuindo o tempo que se espera o arquivo sair de um celular e ser copiado para o outro.

 

Mas não quer dizer que você pode ficar com o Bluetooth desligado enquanto usa o File Share, já que a conexão é necessária para parear os dispositivos. Isso substitui o NFC, função que era necessária para utilizar o Android Beam, que então transferia os arquivos pelo lento Bluetooth. A novidade é uma boa notícia para quem tem um smartphone sem NFC.

Outra novidade é que será possível transferir grandes arquivos, com até alguns Gigabytes de tamanho. Anteriormente, as tecnologias do tipo para Android só permitiam arquivos de alguns Megabytes.

O próprio aplicativo Google Files já tem um recurso similar incorporado, mas é necessário que tanto o emissor quanto o receptor do arquivo tenham o aplicativo instalado. Enquanto isso, o Fast Share será parte do serviço Nearby do Google Play Services. Como se sabe, o Google Play Services já vem pré-instalado em todos os aparelhos Android certificados — o que inclui mais de 2,5 bilhões de smartphones no mercado hoje.

Via: XDA Developers
146 vulnerabilidades são encontradas em apps pré-instalados no Android

146 vulnerabilidades são encontradas em apps pré-instalados no Android

Estudo mostra que aparelhos de 29 marcas já chegam com falhas de segurança no momento que são ligados


Uber sobrevive mesmo com prejuízo de U$1,2 bilhão, mas como?

Uber sobrevive mesmo com prejuízo de U$1,2 bilhão, mas como?

Para especialistas, os problemas só devem aumentar e a solução não parece simples


ASUS e Google trabalham em mini-PCs com foco em inteligência artificial

ASUS e Google trabalham em mini-PCs com foco em inteligência artificial

Tinker Edge T e Tinker Edge R serão apresentados no dia 20 em evento no Japão


Xiaomi anuncia 1ª atualização OTA para o Mi Watch

Xiaomi anuncia 1ª atualização OTA para o Mi Watch

Update chega no dia 3 de dezembro junto de aplicativo para iOS


Spotfiy começa a testar exibição de letras de música em tempo real

Spotfiy começa a testar exibição de letras de música em tempo real

Recurso foi adicionado recentemente ao rival Apple Music e funciona em sincronia com o áudio